DESTAQUES

Ditadura no amor: ela dá ordens para tudo e sinto-me sufocado

Anette Lewin 01/01/2016 PSICOLOGIA
Tentar virar o jogo de forma radical pode causar brigas

por Anette Lewin

"Namoramos há 4 anos e noivamos há uns 5 meses. Temos um namoro muito bom, estamos construindo nossa casa, existe fidelidade, trabalhamos juntos. Vem acontecendo um problema de poder entre nós. Tudo tem que ser do jeito que ela quer, os horários, as coisas que faço. Se ela me chama na sala dela, tenho que ir imediatamente. Se eu não for no prazo de dois minutos, ela fica emburrada e se diz mal-amada. Para reconciliar, tenho que assumir que toda culpa é minha e tenho que adulá-la. Isso porque no ponto de vista dela, o erro é sempre meu. Estou sufocado."

Resposta: Se ela age dessa forma, é porque você, em algum momento do relacionamento, reforçou a "cara feia" dela. Então ela continua fazendo cara feia quando você não faz o que ela quer. Em primeiro lugar, avalie seu comportamento.

Vamos partir do seu exemplo. Quando ela chama você e quer que você vá imediatamente, existe a necessidade de sua presença imediata ou é um capricho dela? Se existir uma urgência real, por mais que você não goste, terá que se apressar.

Se você chegar à conclusão que é um capricho, tente, aos poucos, mudar sua atitude, passando de "ir imediatamete", para "ir quando você puder". Não adianta tentar fazer mudanças radicais, pois vocês só vão brigar. Avalie tambem por que você, em algum momento da relação, resolveu fazer tudo o que ela queria.

Será que você sente que só fazendo o que ela quer você a conquista?

Será que falta a você autoestima para enxergar as qualidades que você tem e que sustentam essa relação?

Será que a insegurança dela mobiliza você e se confunde com a sua?

Enfim, reflita sobre esses pontos e, aos poucos, encontre um jeito melhor de lidar com a situação.

Atenção: As respostas do profissional desta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um profissional de psicologia e não se caracterizam como sendo um atendimento.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Criteo Publicidade:

Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data.



ENQUETE

“Nada mais indigesto para o mundo que a liberdade de uma mulher", diz Fernanda Young. Você concorda?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.