DESTAQUES

Labirintite: entenda as causas do desequilíbrio e da tontura

Juliana Prestes Mancuso 09/03/2017 SAÚDE E BEM-ESTAR
Labirintite: entenda as causas do desequilíbrio e da tontura
Fonte: Google Imagens
Propriocepção: capacidade de reconhecer a posição do corpo no espaço

por Juliana Prestes Mancuso   

Pode ser como uma instabilidade, desequilíbrio, sensação de queda, desvio da marcha ou uma flutuação; a falta de equilíbrio pode ser decorrente de alguns fatores ou sinais e sintomas de diversas doenças ou reações dela. Com frequência, o termo "labirintite" (que significa "inflamação do labirinto") é popularmente utilizado como sinônimo de qualquer sintoma relacionado a doenças que afetam o nosso equilíbrio ou audição como: mal-estar, tontura, vertigem, desequilíbrio, flutuação ou zumbido. O termo adequado seria "labirintopatia" que quer dizer "doença do labirinto". Existem diversas causas para a labirintopatia e a labirintite pode ser uma dentre muitas.

A propriocepção (foto) é o nome que se dá à capacidade do organismo reconhecer a posição do corpo no espaço, sua localização e orientação, a posição de cada parte do corpo em relação às demais e a força exercida por cada músculo, sem depender das informações obtidas pela visão. É importante para a manutenção do nosso equilíbrio durante diversos tipos de atividades. Depende de "sensores" (receptores) localizados em músculos e tendões.

Equilíbrio postural é a manutenção da posição de equilíbrio (estático ou mecânico) do corpo de um animal. Nos vertebrados, o equilíbrio postural é controlado por vários receptores sensoriais. No homem, atuam no equilíbrio: os olhos, o sistema vestibular do ouvido interno e os proprioceptores localizados nas articulações e nos músculos. Daqui resulta que doenças em qualquer um desses órgãos podem levar a transtornos no equilíbrio.

Alguns medicamentos lesam parte da nossa propriocepção, causando desequilíbrios que não são necessariamente patológicos e sim momentâneos, mas que se não dermos a devida atenção se tornam potenciais problemas futuros como quedas e ferimentos no organismo.

Dentre as diversas causas para tontura, podem ser citadas:

- doenças que afetam o organismo como um todo: diabetes, pressão alta, problemas da tireoide, aterosclerose, reumatismos etc);
- doenças do ouvido (p.ex.: doença de Ménière);
- doenças neurológicas;
- problemas visuais;
- alguns tipos de medicação que interferem no funcionamento do ouvido: alguns antibióticos, diuréticos, anti-inflamatórios, quimioterápicos etc;
- exposição a algumas substâncias químicas;
- infecções;
- traumatismos cranianos;
- abuso de cafeína, tabaco, álcool e outros;
- problemas de coluna cervical;
- alterações hormonais (TPM, menopausa, andropausa);
- carência de algumas vitaminas e minerais;
- problemas psicológicos, estresse etc.

O tratamento das doenças do labirinto consiste em:

- tratamento das causas: controle de diabetes, dos hormônios tireoideanos, da depressão etc;
- tratamento sintomático (eliminação da sensação de vertigem; redução de sintomas associados como as náuseas e vômitos);
- reabilitação vestibular.

A fisioterapia influencia na retomada do equilíbrio como uma prevenção, e é composta de exercícios leves, no solo ou na piscina visando manter a percepção do corpo no espaço simulando diversas alterações normais e incomuns no dia a dia. Coisas como sentar-se e se levantar de diferentes alturas e superfícies, ficar em pé de olhos abertos e fechados por um curto ou longo período, uma prática muito divertida entre terapeuta e paciente. É muito usual entre a fisioterapia geriátrica o uso de equipamentos cotidianos para tratar e desenvolver o reequilíbrio postural do indivíduo.




Criteo Publicidade:

TAGS :

    labirintite, tontura, fisioterapia, propriocepção

Juliana Prestes Mancuso

É formada pela Universidade Anhembi Morumbi, especializada em Fisioterapia Ortopédica e Traumatológica pelo Instituto Cohen de Ortopedia e Medicina Esportiva, Fisiologia do Exercício pela Universidade Veiga de Almeida, Fisioterapia do Sistema Musculoesquelética pela Universidade São Marcos e em acupuntura e medicina chinesa pelo Centro Científico Cultural Brasileiro de Fisioterapia. É responsável pelo site e grupo de discussão Fisioterapeutas Plugadas.



ENQUETE

O publicitário Washington Olivetto diz que “empoderamento feminino” é um clichê constrangedor. Você concorda?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.