DESTAQUES

Compreenda o ego e não deixe emoções negativas tomar o controle

Emilce Shrividya Starling 03/03/2017 COMPORTAMENTO
Compreenda o ego e não deixe emoções negativas tomar o controle
Fonte: imagem Pixabay
Chave para a serenidade: mente focada no agora

por Emilce Shrividya

Nós construímos a imagem mental de nós mesmos baseada nos padrões mentais, em nosso condicionamento e em nossa cultura. Nós nos identificamos com o ego e achamos que somos o ego e não o Ser interior.

Para o ego somente o passado e o futuro são importantes. Ele não valoriza o momento presente. O ego está sempre preocupado em manter vivas suas lembranças do passado, porque pensa que sem ele não seria ninguém. E fica sempre se projetando no futuro para assegurar sua sobrevivência ou buscar alguma realização no futuro. Fica imaginando situações que lhe proporcionem satisfações como uma maneira de escapar do presente que não lhe agrada.

Esse é o motivo da nossa mente divagar no passado e no futuro. Ela tem dificuldade de se concentrar no agora, porque está identificada com o ego.

E, por estar ligada ao ego, a mente diz para si mesma:

“Quando eu conseguir esse emprego, eu ficarei contente”.  

“Quando eu encontrar o amor da minha vida, serei sempre feliz”.

“Quando eu comprar aquele carro e aquele apartamento, ficarei realizado e em paz.”

“Quando eu adquirir boa situação financeira, serei finalmente feliz”.  

E assim o ego vai projetando-se no futuro, e a mente fica pensando que a felicidade e a satisfação dependem de suas realizações no futuro.

Mas quando o ego realiza seu desejo, sempre quer outra coisa. Ou perde sua paz, com medo de perder o que conseguiu ou adquiriu. A mente pode ficar contente por algum tempo, mas logo terá mais e mais desejos. E terá muitos desejos insatisfeitos que geram raiva, frustrações, inveja e baixa autoestima. Desse modo, a filosofia do Yoga nos ensina para agradecemos o que possuímos e sermos felizes com o que somos e possuímos no presente.

Chave da serenidade

A chave para conseguirmos serenidade, alegria, satisfação interna é treinar nossa mente para estar concentrada no agora, com um coração agradecido. Para conseguir isso, observe sua mente e veja se ela está no passado ou no futuro. E volte, imediatamente, para o que estiver fazendo. Faça isso muitas e muitas vezes, e vai ficar surpreso como vai sentir paz no seu trabalho, no seu lazer e em todas suas atividades diárias. Insista nesse treinamento, sem ansiedade, mas com a intenção firme de viver intensamente no momento presente, e só assim, você começará a sentir tranquilidade e mais paciência na vida.

Esse treinamento do Yoga de estar presente na ação é a chave para nos libertarmos da ansiedade, insegurança, depressão, medo e pânico. Mas, enquanto estivermos identificados com a mente e ego negativos, não percebermos o momento presente. Portanto, é necessário acalmar a mente com meditação e também treinar a mente a estar focada nas ações mais simples e comuns como lavar louça, limpar a casa, beber seu copo de água, escrever no computador, ouvir atentamente as pessoas em vez de ficar somente ligado ao celular.

Comunicar-se pelo WhastApp, e-mail, Facebook é muito útil e prazeroso, mas não podemos ficar presos e ilhados das pessoas apenas querendo usar o celular. Isso tem gerado desarmonia, conflitos e falta de comunicação em família e entre amigos. Precisamos ter o discernimento de nos desconectar do celular e nos conectar com as pessoas e ouvi-las, estando presentes para elas.

Valorize o agora

Quando aprendemos a valorizar o agora e aprendemos a estar focados no momento presente, sentimos serenidade interior. E, desse estado sereno, surgem soluções criativas, intuições e pensamentos positivos. Problemas são evitados e solucionados. Discussões e brigas são evitadas.

Precisamos entender que quando nossa mente está desconectada do presente, só vivendo no passado ou futuro, ela se torna destrutiva, árida, negativa e doentia.
Nossa mente não é apenas composta de pensamentos, mas também de nossas emoções, sentimentos, padrões mentais e emocionais do nosso subconsciente. E quanto mais estivermos identificados com nossos pensamentos, com nossos conceitos, crenças negativas, preconceitos, julgamentos, nós estaremos menos presentes e mais focados nas emoções negativas e descontroladas.

Enquanto que os pensamentos estão na mente, as emoções se manifestam primeiramente em nosso corpo.  Portanto, é muito importante acalmar as emoções em nosso corpo.

Existem boas práticas para harmonizar as emoções no corpo como a prática dos Asanas (posturas psicofísicas) e exercícios respiratórios (Pranayama) da Hatha yoga, feitos com concentração, calma e entrega. Práticas de Thai chi chuan, praticadas com foco e leveza.

Uma prática que amo muito é dançar livremente, me deleitando com a música, com os sons, com os movimentos dos braços, do corpo e me entregando totalmente. Gosto de dançar em casa, sozinha ou mesmo quando danço entre as pessoas, danço como se ninguém estivesse me vendo. Nessas horas, me liberto do ego e me entrego à alegria e espontaneidade do Ser interior, que está livre do julgamento ou críticas dos outros.

Experimente dançar assim e se sentir livre do ego. Sinta como será conduzido a níveis de deleite, contentamento do Ser interior, que a fonte da alegria pura e verdadeira. Sinta a energia de emoção positiva que a dança e a música produzem em você. No corpo físico, geram endorfina e serotonina, hormônios no cérebro que trazem prazer e satisfação. A mente fica apaziguada e a alma feliz.

Com essas práticas que equilibram corpo, mente e emoções, você sentirá suas emoções, mas não permitirá mais que elas assumam o controle sobre você. Escolha alguma dessas práticas e concentre sua atenção dentro de você ao praticá-las. Não analise. Apenas sinta e observe. Essas práticas feitas com amor e entrega são portas para o Ser interior, fonte de toda calma, entusiasmo, coragem e força interior.

Namaste! Deus em mim saúda e agradece Deus em você! Fique em paz!




TAGS :

    serenidade, mente, mindfulness, ego, paz

Emilce Shrividya Starling

É formada em Yoga pela Federação de Yoga do Brasil e Centro de Estudos de Yoga Narayana/S.P, com aperfeiçoamento em Hatha Yoga e Meditação nos Estados Unidos. É professora de Hatha Yoga em Santos (SP), desde 1989. Atualmente ensina Filosofia do Yoga e Meditação.



ENQUETE

Você é feliz no trabalho?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.