DESTAQUES

Mestre xamânico dos sonhos

Carminha Levy 01/01/2016 AUTOCONHECIMENTO

por Carminha Levy

Temos no mundo xamânico o nosso mestre do Sonho a quem podemos recorrer conscientemente quando necessitamos de uma orientação.

Como entrar em contato com essa força xamânica é o que me proponho neste texto.

O sonho é nosso terapeuta interno, ele ajuda-nos a liberar o excesso de tensões do inconsciente. Mesmo que você não se lembre do sonho ele ocorre, o que pode ser comprovado pelas pesquisas existentes como a que mede a agitação do olho do sujeito que está sendo pesquisado, indicando quando ele está sonhando. São poucos minutos desses movimentos que são chamados R.E.M - Rapid Eyes Movemen. Aquele enorme e confuso sonho durou no máximo dois minutos.

O pesadelo funciona como uma panela de pressão, ele é a válvula que sopra quando a tensão é muito grande. Quanto mais catastrófico mais o inconsciente está se liberando – não tenham medo deles.

Para se ter uma idéia de como são sadios há a informação científica de que psicóticos não tem pesadelos.

Para você utilizar xamanicamente a força dos seus sonhos, necessita conhecer seu Mestre dos Sonhos e o significado de símbolos que são comuns a toda a humanidade. Mas atenção! No xamanismo evitamos a interpretação dos livrinhos de sonhos vindos da sabedoria popular advinhatória. No xamanismo o sonho é uma ‘ferramenta’ de cura. Para entender melhor esta diferença de interpretação, vamos ao início da história da utilização do sonho.

Os mais antigos relatos que se tem sobre interpretação de sonhos são encontrados no Velho Testamento e em outros livros sagrados. Da Grécia vem a primeira informação do uso terapêutico do sonho. Em Epidauro havia um templo dedicado a Esculápio (o deus da cura) ao qual as pessoas se dirigiam em procissão para receber o sonho propiciatório às suas necessidades. Lá chegando tomavam um banho de limpeza, vestiam uma túnica branca, faziam oferendas de frutas e flores ao deus e juntavam-se a todos aqueles que buscavam a cura e dormiam juntos num grande salão que curiosamente era conhecido como Klinica.

Enquanto o sonho não vinha, eles não podiam se ausentar do local. A cura era consumada quando o paciente sonhava com uma criança divina, ou um velho sábio ou ainda com uma serpente que tocavam a parte doente. O paciente fazia seus rituais de agradecimento, estava curado e podia voltar para casa. Esta prática prevaleceu não só em Epidauro como também em vários templos de cura do sonho até quando o cristianismo dominou a Grécia e dizimou-a.

Durante muitos anos a cura pelos sonhos foi proibida e a forma dela sobreviver (pois é inconscientemente tremenda a força curativa da mente humana) foi através dos saltimbancos nos pátios dos mercados das pequenas cidades ou entre os xamãs, curandeiros e feiticeiros ocultos nas florestas.

Os saltimbancos difundiam sua sabedoria popular que até hoje está nos livrinhos de interpretação dos sonhos de forma supersticiosa, mas com grande penetração nas massas como por exemplo: sonhar com cobra é traição, com coruja é morte, “quem perde um dente perde um parente”. Esta última vem da fragilidade humana de ser o único animal que nasce sem dente e que sem alguém que o alimente morrerá de fome.

No xamanismo, por exemplo, sonhar com cobra significa que a pessoa está na hora de trocar de pele, mudar de vida e de hábitos. A cobra também é um animal de cura por excelência; figura inclusive como símbolo na medicina.

Para utilizar com força total a interpretação do sonho, temos que nos libertar das superstições e encarar o seu lado científico.

No xamanismo como é ensinado por mim, você (o sonhador) é todos os personagens do sonho. Como um grande psicodrama você verá que aquela pessoa que você detesta, tem várias características iguais as que você não aceita em si mesmo (isto é sua sombra). Mas sem a ajuda de um xamã externo ou de um terapeuta você pode contar com seu Mestre dos sonhos para interpretar a mensagem que está recebendo.

Prática

Prepare seu espaço sagrado como já foi ensinado - clique aqui leia sobre "Prepare um ambiente...". Entre em relaxamento e declare sua intenção clara de encontrar seu Mestre dos Sonhos. Ao som do tambor, peça a seu animal xamânico que lhe leve ao seu mundo dos sonhos.

Antes de entrar neste novo espaço, você encontrará um guardião que pedirá um aspecto negativo seu que terá que se comprometer a abandonar. Após este encontro, você estará livre para encontrar seu Mestre do Sonho (seu animal lhe levará até ele) e combinar como fazer para que este encontro se dê através dos sonhos nos quais você receberá a orientação que necessita.




Carminha Levy

Pioneira no ensino simultâneo de Xamanismo e Psicologia, criou um programa de Facilitadores Xamânicos em Xamanismo Matricial que resgata a sabedoria da Grande Deusa Mãe Terra: a Madona Negra - o matriarcado associando-o ao patriarcado - o Xamanismo Matricial. Instrutora do Neoxamanismo no Brasil



ENQUETE

Você é feliz no trabalho?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.