DESTAQUES

Sofre com cãibras? Alimentos podem preveni-las e aliviá-las

Jocelem Salgado 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR

por Jocelem Salgado

Cãibras - "Dolorosas contrações musculares involuntárias, que ocorrem mais frequentemente nos músculos das pernas, braços, panturrilha (batata da perna) e pés"

Quem nunca passou pelos indesejáveis desconfortos causados pelas cãibras?

Pois é, as cãibras são definidas como dolorosas contrações musculares involuntárias, que ocorrem mais frequentemente nos músculos das pernas, braços, panturrilha (batata da perna) e pés. As causas mais comuns dessas contrações são: a perda de água e sal no organismo que muitas vezes pode ocorrer através de suor excessivo, conhecido como cãibras de calor.

Também podem ser causas de cãibras a diminuição de cálcio no sangue determinada por diversas doenças como: fadiga muscular, varizes nas pernas, distúrbios das glândulas suprarrenais, posições incômodas de pernas e braços.

Outro tipo de cãibra, conhecida como “cãibra do esportista”, ocorre esporadicamente durante exercícios intensos, e pode ser atribuída ao excesso de ácido láctico ou fadiga aguda das fibras musculares. Quando as cãbiras se tornam muito frequentes, deve-se fazer investigação médica, pois elas podem ser de origem vascular (ou seja, por uma isquemia local = insuficiência de irrigação sanguínea), de origem metabólica (através de uma intoxicação por cafeína, hipoglicemias, intoxicação por colchicina, etc.) ou neuromuscular (doença muscular).

Normalmente, as cãibras desaparecem após alguns minutos e fazer massagem e alongamentos ajudam no processo de alívio da dor ocasionada pela contração involuntária de um músculo, bem como determinados alimentos.

O corpo humano é formado por um grupo aproximado de 600 músculos, sendo que o peso de uma pessoa normal corresponde a 40% desse total. Cada músculo é composto por milhares de fibras e conforme a atividade muscular desenvolvida, os feixes de fibras contraem ou relaxam.

A principal fonte de energia para a atividade muscular é a glicose, o produto final do metabolismo dos carboidratos, armazenado no fígado e nos músculos na forma de glicogênio.

As vitaminas, do complexo B particularmente são as responsáveis para converter carboidratos, proteínas e gorduras em energia. A hemoglobina obtida a partir do ferroé o pigmento do sangue que fornece oxigênio aos músculos para essa conversão. Outros minerais importantes para o funcionamento dos músculos são: o sódio, o potássio e o cloreto, os quais são chamados de eletrólitos, por possuírem partículas eletricamente carregadas (íons), as quais conduzem os impulsos nervosos do cérebro para os músculos, enviando sinais para relaxarem ou contraírem.

O cálcio é a substância responsável pelo início da contração muscular, e para complementar o ciclo, o mineral potássio é armazenado nos músculos juntamente com o glicogênio. O músculo durante a queima de glicogênio, para obtenção de energia, forma um produto residual conhecido como ácido láctico, o qual permanece no tecido muscular até ser retirado pelo sangue através da circulação. O acúmulo de ácido láctico, durante um período de exercício intenso, pode ocasionar dores musculares e fadigas. Após um período de descanso ou repouso, esse acúmulo de ácido láctico é removido pela circulação sanguínea e a dor tende a desaparecer.

Muitos fatores podem ser causadores de espasmos de cãibras como: quantidade inadequada de sangue no músculo, lesão ou estiramento excessivo.

Para o funcionamento dos músculos, é importante ter um bom equilíbrio de líquidos. Se for muito baixo esse volume, os rins retêm altos níveis de sódio, os líquidos ficam retidos nos tecidos e em consequência disso a circulação de líquidos se torna insuficiente para a remoção de resíduos e para a manutenção do mecanismo de contração do músculo. A quantidade de água é responsável pela manutenção da concentração de eletrólitos na quantidade certa para condução dos impulsos dos nervos para os músculos. Porém o excesso de água dilui o sangue e diminui a concentração de eletrólitos. No entanto, pode não ser considerado como um problema, pois esses minerais podem ser facilmente repostos através de uma dieta balanceada.

Os atletas são os mais fortes candidatos a sofrerem de cãibras nas pernas, pois através da atividade física intensa, queimam as suas reservas de glicogênio e perdem potássio e sódio através da transpiração excessiva. Outros candidatos são as mulheres no final da gestação, por eliminar grandes quantidades de potássio pela urina.

Indivíduos em tratamento de hipertensão que estejam usando medicamentos bloqueadores dos receptores-beta ou algum tipo de diurético, também têm aumentada a perda de potássio do organismo.

Dicas de alimentos para prevenir e/ou aliviar cãibras nas pernas:

- Damascos
- Banana
- Nozes
- Semente de Girassol
- Frutas cítricas
- Um copo de suco de tomate

Para quem sofre de cãibras, evitar:

- Cafeína e nicotina, pois como são vasoconstritores, diminuem a circulação para os músculos.

- Evitar ainda permanecer sentada por um longo período de tempo.

- Pessoas acamadas por um longo tempo, devem mudar de posição para evitar as cãibras ou aliviar as dores.

Outras dicas para aliviar as cãibras:

1) Tome um copo de água com sal se o caso for de câimbra de calor e se não tiver problemas de pressão alta.

2) Para câimbras na barriga da perna, apoie o pé no chão e ande apoiando o peso do corpo nos calcanhares.

3) Para câimbras no dedão do pé e no polegar, peça para que alguém dobre o dedo no sentido contrário.

4) No caso de câimbra no braço, peça para alguém que dobre o antebraço até formar um ângulo reto com o braço.

5) Para câimbras no abdômen, flexione as pernas.

6) Procure fazer alongamentos

7) Procure alimentar-se com muitas frutas e legumes que contêm minerais.

Mais informações: www.jocelemsalgado.com.br

 

 




Jocelem Salgado

Profa. Titular de Vida Saudável da ESALQ/USP/Campus Piracicaba. Autora dos livros: "Previna Doenças. Faça do Alimento o seu Medicamento" e "Pharmácia de Alimentos. Recomendações para Prevenir e Controlar Doenças", editora Madras



ENQUETE

Você é feliz no trabalho?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.