DESTAQUES

Como voltar à vida de solteira?

Anette Lewin 01/01/2016 COMPORTAMENTO

por Anette Lewin

"A mulher que volta à vida de solteira deveria experimentar ficar em sua própria companhia sem se sentir 'abandonada'"

Resposta: A primeira coisa é fazer uma reflexão sobre o que você quer daqui para frente.

A expressão "voltar à vida de solteira" identifica-se com uma situação que, provavelmente, você não vivenciará mais, uma vez que sua relação de casamento passa a fazer parte de sua história. Melhor referir-se à situação atual como "assumir a vida de uma pessoa novamente solteira". Parece detalhe? Não é.

As grandes frustrações acontecem quando a pessoa nega suas experiências passadas e se comporta como se nunca tivesse vivido um relacionamento em sua vida. Para evitar que a vida de solteira se torne um poço de frustrações, é necessário avaliar o que não se pode ou não se deve fazer, se não se pretende repetir infinitamente as frustrações do casamento que não deu certo.

Três mitos comuns após a separação

1º)
Conhecer novas pessoas não é uma obrigação; 

2º) Estar sozinha não é uma vergonha; 

3º) Sair com várias pessoas sem querer se comprometer não é "pecado".

Esses são mitos que devem ser desfeitos para que o estresse não se torne o grande vilão da história da mulher que sai de um casamento. Estar só pode ser bastante agradável para algumas pessoas se elas souberem aproveitar esses momentos sem culpa.

A mulher que volta à vida de solteira deveria experimentar ficar em sua própria companhia sem se sentir "abandonada". Muitas vezes o fracasso no casamento está intimamente ligado a um comportamento "pegajoso" que destrói qualquer relação.

Exercício saudável para quem se separou

Outro exercício saudável para quem se separou é saber dizer não a quem não lhe interessa. Aprender a escolher pode ser uma opção até mais agradável do que ser escolhida!

Casamento não é para todos. Algumas pessoas se casam e apreciam essa situação. Outras se decepcionam. É importante que cada mulher que sai de um casamento entenda se, independentemente de quem foi seu parceiro amoroso, está disposta a repetir a experiência. Enquanto não tiver essa resposta, é importante que invista em si própria, fazendo o que gosta, com ou sem companhia masculina.

Afinal, prazer e bem-estar também podem existir fora do âmbito da parceria amorosa.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data.



ENQUETE

Para você a traição significa falta de amor ou que o relacionamento chegou ao fim?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.