DESTAQUES

Como é a terapia com fundamentos junguianos?

Rosemeire Zago 01/01/2016 PSICOLOGIA

por Rosemeire Zago

 

Resposta: Todo psicólogo segue uma linha, ou seja, uma teoria como base de sua atuação. No caso Junguiano é devido ao nome do psiquiatra suiço Carl Gustav Jung (1875-1961). Seu pai e vários parentes eram pastores, e desde a infância Jung foi afetado por questões religiosas e espirituais.

A psicologia de Jung está basicamente interessada no equilíbrio entre os processos conscientes e inconscientes. Seu objetivo sempre foi o de ajudar as pessoas a se conhecerem melhor e que através desse conhecimento e da reflexão de seus comportamentos pudessem usufruir de vidas mais plenas e felizes.

Isso é apenas um breve resumo, pois sua teoria é muito ampla. Para quem quer se aprofundar em sua teoria, a indicação é começar lendo sua autobiografia: Memórias, Sonhos e Reflexões. No prólogo ele cita: “Minha vida é a história de um inconsciente que se realizou”, o que confirma o quanto é importante o reconhecimento do inconsciente em nossa vida. A leitura desse livro é imprescindível não apenas para uma maior compreensão da vida do criador da psicologia analítica, como também para um melhor entendimento de seus conceitos.

Jung trabalha com conceitos muito profundos e complexos que envolvem, por exemplo, arquétipos, interpretação simbólica dos sonhos... São quase 24 conceitos, que não teria como resumi-los aqui, mas a título de curiosidade cito aqui os principais:

- Atitudes: introversão e extroversão;

- Funções: pensamento, sentimento, sensação e intuição;

- Inconsciente pessoal;

- Inconsciente coletivo;

- Arquétipos;

- Símbolos;

- Instinto e vontade;

- Complexo/constelação;

- Persona;

- Sombra;

- Anima e animus;

- Self;

- Função Transcendente;

- Processo de individuação;

- Sincronicidade.

 




Rosemeire Zago

Psicóloga com abordagem junguiana com especialização em psicossomática. Desenvolve uma abordagem voltada para o autoconhecimento e criança interior.



ENQUETE

Você é feliz no trabalho?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.