DESTAQUES

Sou fácil demais. Como me valorizar no relacionamento?

Eduardo Yabusaki 01/01/2016 COMPORTAMENTO

por Eduardo Yabusaki

"Num relacionamento um não pode se dedicar mais que o outro, a reciprocidade é fundamental" O medo de perder o outro pode se associar à desconfiança ou ao ciúme, que se vivido de forma exagerada, pode provocar brigas e discussões e trazer um desgaste desnecessário para o relacionamento.

Sempre sou favorável à construção de uma estrutura de relacionamento baseada em bons sentimentos, prazer e satisfação em estar a dois.

Como me entregar no relacionamento sem parecer fácil?

1ª) Um relacionamento precisa ser vivido em sua essência e profundidade e não são joguinhos provocativos ou despertar sentimentos de medo e insegurança que permitirão o desenvolvimento dessa relação;

2ª) É preciso muito entendimento, disposição, carinho e amor;

3ª) Para ela ficar mais antenada no relacionamento, é preciso que ele seja importante e desejado pela parceira. Portanto, se quiser realmente que o relacionamento dure e se perpetue, deixe isso muito claro;

4º) Não hesite em demonstrar seus sentimentos. Se ela não for receptiva, talvez não seja a pessoa que você procure ou queira estar;

5ª) Avalie sempre os seus interesses e expectativas, converse sempre que sentir que não esteja sendo correspondido;

6ª) Num relacionamento um não pode se dedicar mais que o outro, a reciprocidade é fundamental.

O que fazer para o relacionamento durar?

É muito comum o relacionamento começar de forma intensa e surgir certa acomodação com o passar do tempo e a paixão naturalmente esfriar.

É possível não deixar a peteca cair, evitar o desencanto e, consequentemente, uma possível ruptura?

É importante que o casal estimule sempre a novidade como experimentar um restaurante diferente, um motel novo, um passeio ou uma situação romântica; ou mesmo situações conhecidas, mas que são pouco vividas e muito desejadas e aproveitadas quando acontecem, como por exemplo, viajar para lugares aprazíveis e que despertem o interesse de ambos ou ainda dar um presente desejado.

Também é importante buscar o positivo, a motivação, a ousadia, fazer elogios, reforçar virtudes, provocar desafios e objetivos futuros para o relacionamento.

 

COMUNICAR ERRO

Eduardo Yabusaki

Eduardo Yabusaki - Psicólogo e Sexólogo Especializado em Terapia Comportamental Cognitiva, Terapia de Casal e Terapia Sexual. Coordenador do Curso de Sexologia Clínica ministrado em diferentes cidades há mais de 15 anos. Docente convidado do Curso de Fromação em Sexologia Clínica de BH. Responsável pelo www.vidadecasalbh.com.br

ENQUETE

Você consegue cumprir as resoluções de ano novo?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.