DESTAQUES

Muito frio? Prepare saladas e frutas quentinhas

Redação Vya Estelar 29/08/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR
Muito frio? Prepare saladas e frutas quentinhas
Fonte: Fonte Imagem - Google Imagem

por Rosa Fonseca

Como a maioria dos seres humanos comuns, ganho peso na temporada de outono-inverno. Tenho mais fome e desejo comer coisas pesadas e gordurosas.

É um tal de vinho aqui, um cappuccino ali, chocolates, queijos, castanhas, massas, carnes ao molho...

Para onde foi o ânimo em devorar saladas de folhas frescas e frutas geladas? Congelou??

Tomates verdes fritos

Lembra aquele filme Tomates Verdes Fritos? Sempre achei graça no nome. Não só porque filmes do gênero costumam ter nomes manjados do tipo “(qualquer coisa) do amor...”, mas também de imaginar os tais tomates.

Um dia tentei. Entendi o porquê de serem verdes: quando maduros desfazem e soltam água na fritura. Mas uma vez verdes, que ideia maravilhosa! Ótima saída para os dias frios, assim como tempurá (prato japonês) de todos os legumes que pensar. Frituras têm muitas calorias, mas vale pinçar a proposta central: aquecer legumes para devorá-los no inverno. Por questões estéticas e para garantir sortimento de nutrientes numa época em que já é difícil levantar da cama sem estar anêmico.

Se você gosta da couve da feijoada, sugiro incluir no menu toda a sorte de couves salteadas, de preferência em azeite: couve manteiga (a da feijoada), escarola, espinafre, acelga, repolho, radicchio... Experimente fazer espetinhos de radicchio com mussarela de búfala, ao forno ou na grelha. É simplesmente delicioso (e light!).

Dica: saladas mornas

Sugiro uma versão com batatas e tomates em cubos e ervilhas (ou ervilhas tortas cortadas à metade). É assim: cozinhe as batatas e ervilhas em água com sal. Quando estão quase prontas, escorra e volte à panela com o tomate e o molho: iogurte misturado com rúcula picada e tempero a gosto (tente usar pitadas de záatar!). Aí, é só esquentar e servir. Se quiser, acompanhe com frango ou peixe assado. Outra opção é salada quente de bacalhau desfiado com grão-de-bico em conserva, alho poró e mandioquinha fatiados – tudo cozido e salteado em azeite com salsa.

Legumes assados

Legumes assados são outra solução para dias frios. Já disse antes que só preciso de uma desculpa para acender o forno nos dias gélidos. Pura verdade. Vale berinjela e abobrinha à parmegiana, camarão na moranga, pimentões e tomates recheados (com farofa, ricota, carne moída...), pepinos assados, cenoura gratinada, torta de palmito, ratatouille. Use a imaginação.

Outra descoberta é o papillote. É uma técnica da cozinha clássica, de assar em papel manteiga. Consiste em colocar os vegetais, peixes e cogumelos que quiser para passar ao forno, envoltos em papel manteiga ou alumínio. Sugiro papillote de filé de salmão com erva doce e brócolis. É só juntar os ingredientes cortados no meio de uma folha de 50 x 50 cm, salpicar azeite, sal, pimenta, um dente de alho cortado ao meio e um galho de tomilho. Amasse as pontas do papel para fechá-lo e leve para assar sobre assadeira até que o salmão esteje pronto. O papillote deve ser aberto à mesa, quando sai um vapor lindo e perfumado. Ninguém resiste.

Panela de pressão é outra coisa feita para o frio, enchendo a casa daquele vapor quente. Assim, pinhão e milho verde cozidos são preferidos de sempre. Ah, e pipoca, claro!!

Gata em teto de zinco quente

Uma chapa quente. É tudo o que você precisa para transformar frutas cálidas em iguarias de inverno. Você pode grelhar banana, pêssego, ameixa, abacaxi... Basta cortar como desejar, untar uma frigideira com azeite ou manteiga e levar as frutas para esquentar. Além de ficarem tépidas, elas caramelizam, ficam mais doces, douradas, macias e perfumadas. Para impressionar, sirva com sorvete ou frozen yogurt ou iogurte. Voilá!

Você ainda pode adicionar temperos às frutas grelhadas: abacaxi com raspas de limão, pêssego com baunilha, ameixa ao mel e banana com cardamomo são algumas sugestões. Ou pode flambar. Morangos com conhaque e laranjas com Contreau são clássicos.

Peras são boas para cozinhar. Em uma panela, ponha água com açúcar a gosto, cravo , anis estrelado e/ou louro e cozinhe nela as frutas inteiras, com ou sem casca. Quando estiverem macias, sirva quentinhas, em uma tigela com folhas de hortelã. Outra saída são as “sopas” de frutas: basta fazer uma salada, levar para aquecer na panela e servir quente.

Se não tiver problemas com a balança, frutas com chocolate são invencíveis. Você pode derreter em banho-maria a mesma medida de chocolate em pedaços e creme de leite até a mistura ficar homogênea ou comprar calda pronta.

E tem as frutas assadas, gratinadas com creme de leite fresco ou mel. Maçãs assadas são receita secular na minha família. Para fazer: lave as maçãs e retire o centro com uma faquinha, retirando o cabo e as sementes (sem descascar). Organize-as em uma travessa. Preencha o centro das maçãs com uma mistura e duas partes de açúcar mascavo para um de canela em pó. Cubra o fundo da assadeira com vinho do Porto (ou outro vinho) e leve para assar até que as maçãs tenham consistência de purê. Sirva quente e encha a sua casa de calor.

 




Redação Vya Estelar



ENQUETE

Um amor verdadeiro pode ser breve?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.