DESTAQUES

Relaxar significa ouvir o corpo

Redação Vya Estelar 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR

por Nicole Witek

Nos hospitais La Pitié-Salpêtrière e Sainte-Anne e em várias outras instituições hospitalares em Paris, estão sendo propostos grupos de relaxamento para diminuir a dor, aliviar os distúrbios corriqueiros e permitir melhor conforto e qualidade de vida.

Lembro ao meu leitor que mesmo que não estejam sofrendo (graças a Deus) de nenhuma patologia, o conjunto de técnicas oferecido pelo yoga será o maior aliado para atravessar essa existência da melhor forma possível.

Procure perto de casa, com baixo custo e sem lista de espera o que os melhores hospitais de Paris estão propondo com a utilização do yoga.

A reflexão sobre esse assunto começou por uma reportagem que assisti na televisão sobre a enxaqueca e os sofrimentos dos pacientes. Uma das soluções que parece melhor funcionar no famoso hospital francês La Pitié-Salpêtrière são os grupos de relaxamento. Porém o jornalista conclui sua matéria com a seguinte frase: “Os grupos são tão concorridos que a lista de espera é de seis meses!”.

De fato, as aulas de relaxamento são propostas nos serviços de psiquiatria, neurologia, pneumologia, centros especializados do sono, unidades de dor, oncologia, diabetologia e cardiologia.

O que é relaxamento?

Trata-se de uma técnica original, que aliada à concentração mental e à descontração muscular usa o pensamento para entrar em cada parte do corpo. O objetivo é distensionar o que for necessário para que as forças de vida fluam como a circulação sanguínea/linfática e nervosa.

O relaxamento é uma técnica muito séria que está no cruzamento entre a representação imaginada do corpo com suas dificuldades, e a realidade concreta e estética do corpo.

O desaparecimento das contrações musculares “apaga” a memória habitual da ação do músculo, do órgão, tornando possível a representação mental de um corpo "virgem" da sua experiência passada e finalmente “livre” das amarras do passado.

O relaxamento permite passar da imagem mental para a antecipação de um corpo liberado de todas as limitações. Em um estado de consciência diferente, entre a vigília e o sono, torna-se possível imaginar hipóteses de plena saúde que vão marcar o cérebro e mostrar novos caminhos de funcionamento; assim como possibilidades de novos aprendizados como, por exemplo: modificar a estática do corpo em caso de postura que leva a dores nas costas.

Partindo de um determinado desenho do corpo, de uma imagem definida do corpo dentro da mente, o relaxamento consciente dá a permissão de imaginar uma outra realidade na qual o corpo se vestirá. Por tanto, de uma imagem rígida na mente, haverá uma nova flexibilidade propiciada por uma imagem onde tudo é possível, até se livrar das limitações.

No momento do relaxamento, nem o espaço nem o tempo são limitados pelo que já se conhece: o percurso não cansa, nenhum limite é colocado. Ao mesmo tempo, a ausência de um verdadeiro trabalho muscular apaga as tendências habituais do músculo para funcionar. Assim, torna-se possível apagar as memórias erradas do músculo e escrever livremente, numa página em branco, o funcionamento desejado.

O indivíduo conversa com seu corpo, sem intermediário. Dessa forma, ele consegue avançar aos poucos, descobrindo sensações e sintomas que ele poderá, gradativamente, apagar de seu registro habitual para substituir por mais saúde. Esse processo é realizado no seu próprio ritmo.

Relaxar significa ouvir o corpo

Relaxar significa “ouvir seu corpo”, abrir um diálogo: frequentemente toma-se consciência do corpo quando ele sofre. Durante o relaxamento toma-se consciência de uma entidade vívida na qual podemos interferir e manipular. Geralmente estamos à mercê do nosso corpo. Porém, o relaxamento ensina como viver nosso corpo e se tornar “o seu dono”.

Na medida em que aumentamos nossa comunicação com o corpo, aumentamos também nossa comunicação com a mente e as emoções. Colocar-nos como observador do corpo nos ajuda, gradativamente, a também colocar-nos como observadores de nossos processos mentais e emocionais, ajudando-nos a distanciar para conseguirmos escolher o caminho que nos fortalecerá.

Assim, a partir da consciência do corpo, conseguiremos gerenciar nosso estresse, diminuir a nossa ansiedade e a nossa emotividade para encontrar o equilíbrio que resulta no bem-estar. Esse sentimento de bem-estar é devido à aproximação do nosso ponto perfeito de homeostasia.

A homeostasia é o conjunto de fenômenos de autorregulação que leva à preservação da constância quanto às propriedades e à composição do meio interno de um organismo.

Exemplo: os músculos esqueléticos tremem para produzir calor quando a temperatura corporal é muito baixa. Quando a temperatura é muito alta o suor arrefece o corpo por evaporação.

O pâncreas produz insulina e glucagon para regular a concentração de açúcar no sangue (glicemia).

Os pulmões absorvem oxigênio e excretam dióxido de carbono.

Dessa forma, ajudando a manter a homeostasia perfeita, o indivíduo gradativamente se encarrega de diminuir o número de visitas ao seu médico e, em muitos casos, a retirada gradativa dos remédios.

Aqui estão as conclusões de uma entrevista com o Professor Yves Pelicier, psiquiatra do hospital La Pitié-Salpêtrière, concedida ao Journal des Français Santé.

O relaxamento tem efeitos terapêuticos. Quem pratica regularmente obtém:

- relaxamento muscular, que permite uma recuperação máxima;

- relaxamento e calma na ação, o que diminui os altos e baixos e a agressividade;

- autorregulação das funções corporais como a regulação da circulação arterial, da respiração e da digestão;

- aumento das capacidades mentais como a concentração e a memória;

- supressão de certas dores como dores nas costas, no ventre (muito eficiente com as crianças e os adolescentes), enxaquecas e tensões musculares involuntárias;

- ajuda nos tratamentos de distúrbios benignos;

- diminuição da ansiedade, crises de asma, alergias;

- diminuição dos distúrbios funcionais corriqueiros como problemas sexuais, prisão de ventre e outros.

O relaxamento pode ser útil nos casos de distúrbios ginecológicos ou reumatológicos, bem como na luta contra certas neuroses.

Para resumir, o relaxamento permite a modificação momentânea de nosso estado de consciência: obter uma vigilância máxima da mente num corpo totalmente relaxado, realizando assim, uma desconexão psicossensorial que trará ao indivíduo bem-estar e serenidade.

Numa aula de yoga perto da sua casa:

Você terá todos esses benefícios antes de marcar consulta com seu médico, antes de entrar no hospital e na lista de espera de seis meses. Ainda mais, você terá uma revisão total de seus padrões respiratórios, um alongamento de todos os músculos do seu corpo, a compressão e o relaxamento de todos os órgãos internos e glândulas, a oxigenação e estimulação do seu cérebro, o aperfeiçoamento de todas as suas funções biológicas...

Sem falar de um aumento de sua capacidade de concentração e memória, a elevação do seu astral e a aproximação de seus objetivos mais profundos...

Preço de tudo isso: no mínimo uma vez por semana, 1hora/1hora e 30min ... 150 Reais por mês!

Information: http://arteaberges.free.fr/quisommesnous.html
 

 

 

 

COMUNICAR ERRO

Redação Vya Estelar

ENQUETE

Você consegue cumprir as resoluções de ano novo?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.