DESTAQUES

Movimentos circulares na penetração dão mais prazer à mulher?

Margareth dos Reis 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR
Caminho para o orgasmo varia de mulher para mulher

por Margareth dos Reis

"É verdade que a mulher sente mais prazer na penetração quando o homem investe em movimentos circulares com os quadris ao invés de movimentos de vai-e-vem?"

Resposta: Em termos de prazer não existe uma fórmula que sirva para todas as pessoas.

O prazer sexual feminino tem uma forte associação com o equilíbrio dos fatores biológicos, psicológicos, interpessoais e culturais, e com o conhecimento que a mulher leva do seu próprio corpo para a relação a dois.

O caminho para o orgasmo feminino (que é o clímax do prazer sexual) varia de mulher para mulher e não depende unicamente da penetração. É do aprendizado do seu próprio prazer que a mulher pode ficar mais à vontade para compartilhar a sua satisfação com o outro.

Tem mulheres que têm orgasmo somente com a penetração, outras que precisam de estimulação do clitóris durante a penetração, e outras, apenas quando estimuladas no clitóris, antes ou depois da penetração. Cada ser humano é diferente e o melhor para a vida sexual satisfatória é o que cada um descobre e experimenta na vida a dois.

 

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga especializada em sexualidade Margareth dos Reis responde sobre dúvidas em relação à vida sexual e sexualidade. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA

Margareth dos Reis

É Psicóloga Clínica, Terapeuta Sexual e de Casais no Instituto H.Ellis-SP; psicóloga no Ambulatório da Unidade de Medicina Sexual da Disciplina de Urologia da FMABC; Doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; epecialista em Sexualidade pela Sociedade Brasileira de Sexualidade Humana – SBRASH; autora do livro “Mulher: produto com data de validade” (ED. O Nome da Rosa) Mais informações: www.instituto-h-ellis.com.br

Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2016
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.