DESTAQUES

Pensamentos, palavras e ações determinam nosso futuro

Emilce Shrividya Starling 01/01/2016 AUTOCONHECIMENTO
O homem semeia um pensamento e colhe uma ação

por Emilce Shrividya Starling

Não podemos mudar muitos fatos e coisas que nos acontecem, não podemos mudar as pessoas, porém podemos mudar a nossa atitude perante a tudo que nos acontece. Podemos mudar o como pensar, o como falar e o como agir.

A maioria das pessoas não se aceita. Não aceita o que lhe acontece. Não aceita como as outras pessoas são.  E questiona: “Mas por que isso aconteceu comigo? Eu sou tão bom. Isto é injustiça. Não mereço isso”.   

Passam a vida culpando os outros, querendo controlá-los, mudá-los, culpando a vida, os acontecimentos,  sua sorte e até culpando a Deus. Não entendem que o erro está em sua mente negativa, em sua própria atitude, em suas ações.

Estamos em um lugar determinado, em um tempo determinado de acordo com nosso carma acumulado. Não é fatalismo, mas não somos vítimas das influências externas. Não existe injustiça. Colhemos o que plantamos nessa vida e em outras.

Porém, temos uma saída. Apesar de não podermos ficar livres das causas do carma, podemos ficar livres dos efeitos do carma, suportando-o com aceitação, com paciência, sem revolta. Isso faz toda a diferença. Em vez de nos sentir vítimas, alimentando o sofrimento em nossa mente, podemos escolher aceitar e ajudar aos outros, aliviando assim nossa dor interna.

A lei carmica de Deus não é punição, é um aprendizado. É uma oportunidade para desenvolvermos virtudes, como compaixão, bondade, generosidade, sabedoria.  Quando aprendemos a lição, quando praticamos o caminho da Luz, nós nos tornamos alinhados com a lei de harmonia universal que preserva a unidade do universo.

Mesmo que seja difícil de entender, tanto as coisas boas como ruins têm o propósito elevado de nos transformar, de nos educar, de nos aperfeiçoar.

Nada acontece por acaso. No momento presente estamos vivenciando como condições e circunstâncias da vida o que foi criado por nós no passado. Não temos controle sobre esse carma acumulado, mas tudo está de acordo com a justiça divina.

Essa vida é um palco estabelecido para que possamos vivenciar nosso carma na atmosfera certa.  Não podemos mudar este mundo; não podemos mudar os outros. Mas podemos e devemos mudar a nós mesmos para melhor.

Viemos a este planeta não com o propósito de sofrer passivamente ou apenas passarmos um tempo aqui. Viemos ao planeta Terra com o propósito de aprender, de crescer espiritualmente, de desenvolver qualidades divinas.

Pensamentos, palavras e ações determinam nosso futuro

A Filosofia do Yoga ensina:

 “O homem semeia um pensamento e colhe uma ação,
semeia um ato e colhe um hábito,
semeia um hábito e colhe um caráter,
semeia um caráter e colhe um destino”

O ser humano é uma criatura de hábitos e muitos deles são negativos. Muitas vezes, a pessoa tem o discernimento do que é bom ou do que é ruim, mas continua fazendo o que não é bom para ela ou para os outros. E pensa: “Eu nunca mais farei isso de novo, esta é a última vez”.  Porém, a pessoa pode fazer algo pela última vez muitas e muitas vezes.

Quando compreendermos verdadeiramente que as futuras condições de nossas vidas são determinadas por nossos pensamentos, palavras e ações de hoje, viveremos cada momento com mais responsabilidade. 

Ter controle sobre as próprias atitudes determina a verdadeira experiência

É importante entender que podemos ter controle sobre nossa própria atitude e que ela determina nossa verdadeira experiência. Quando determinamos o que acontece dentro de nós, então determinamos nossa experiência de vida.

Nossas tendências negativas não vão embora por elas mesmas. Assim é necessário um  processo de purificação.  Por essa razão, meditamos, fazemos hatha yoga, repetimos o mantra, cantamos mantras (veja aqui), fazemos serviço altruísta, aplicamos os ensinamentos em nossa vida diária, nos tornamos mais disciplinados, começamos a nos entregar à vontade do Ser interior. Todas essas práticas vão eliminando as tendências negativas e os hábitos errados.

A única maneira que podemos ficar livres dos hábitos negativos é substituindo-os por um hábito bom, por um hábito benéfico.

Durante vidas, vamos acumulando samskaras, que são esses padrões psíquicos poderosos que ficam dentro de nós e são trazidos para as várias encarnações.

Atraímos para nós os pais que vão nos tratar e ensinar de acordo com estes padrões mentais acumulados. Nascemos no ambiente e circunstâncias que precisamos para nossa evolução.

Apesar de ser difícil de entender, não há injustiça no plano de Deus. Não há felicidade ou infelicidade não merecida.

Qualquer coisa que acontece no mundo externo é um reflexo de algo que criamos no mundo interno. O pensamento conduz à ação, que conduz à reação ou efeito correspondente ao pensamento.  Desse modo, colhemos o que semeamos.

Ações corretas produzem bons resultados. Ações erradas conduzem às más consequências. 

Deus nos colocou neste mundo com um plano de evolução. Deus não nos criou para sofrer e nem fomos colocados na Terra para lutar por nós mesmos. Ele nos apoia e protege mesmo quando não nos lembramos Dele.

Não devemos fugir das práticas espirituais nos tempos difíceis, pois são momentos de muita evolução e aprendizado.  Se tudo fosse fácil e linear,  Deus seria esquecido. Os problemas e dificuldades nos fazem orar, lembrar-nos de Deus, e encontrá-Lo em nossa fé.

Nosso grande dever é mudar a nós mesmos, com perseverança, paciência e fé. Devemos agir de acordo com o dharma, que é desenvolver virtudes divinas e praticar o correto pensamento, a correta palavra, a correta ação, o correto modo de viver. 

Busque um lenitivo para as dores de sua alma, ajudando o próximo, se dedicando a algum trabalho altruísta, ouvindo mais as pessoas à sua volta, sendo mais gentil bondoso e compreensivo. Os frutos de sua colheita serão  benéficos e você conseguirá ser mais feliz apesar de...

Namaste! Deus em mim saúda e agradece Deus em você! Seja muito feliz! Fique em Paz!

 




Emilce Shrividya Starling

É formada em Yoga pela Federação de Yoga do Brasil e Centro de Estudos de Yoga Narayana/S.P, com aperfeiçoamento em Hatha Yoga e Meditação nos Estados Unidos. É professora de Hatha Yoga em Santos (SP), desde 1989. Atualmente ensina Filosofia do Yoga e Meditação.



ENQUETE

Para você a traição significa falta de amor ou que o relacionamento chegou ao fim?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.