DESTAQUES

Aprenda a degustar chocolates e evite assim os excessos

Redação Vya Estelar 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR
Transfome o ato de comer chocolate numa ocasião especial

por Adriana Kachani

Páscoa... Milhares de propagandas com ovos maravilhosos. E as doceiras e chocolateries não param de inovar: ovos com casca recheada, ovos com recheio no lugar de bombons, ovos coloridos com dragês, ovos com surpresas inimagináveis e etc. Só de pensar a saliva vem à boca. E da mesma forma que temos uma lista infinita para presentear, recebemos dezenas de ovos. Não bastasse isso, todas as pessoas que podemos pensar em visitar nesse período, vão nos oferecer ovos/chocolate durante a visita.

Só que neste ano, poderemos comer ovos com a consciência mais limpa. Com a conivência de milhares de profissionais, podemos ingerir chocolate sabendo que eles possuem antioxidantes, prevenindo assim o câncer e doenças relacionadas ao sistema cardiovascular.

Estou aqui para lembrá-los que chocolate engorda, engorda, engorda e...adivinhem: ENGORDA!

Então como podemos fugir dessa delícia e manter a dieta durante este mês?

Para começar, doando... Existem centenas de instituições que atendem crianças carentes, é só buscar na internet. Você fará bonito e ainda continuará elegante.

Isso não quer dizer que o chocolate está proibido para sempre, aliás, o chocolate não está proibido nem durante a dieta. Podemos contabilizar o chocolate dentro das recomendações de necessidades diárias de cada um. É claro que nesse caso a quantidade será limitada a uma porção (30g) por dia, a fim de que o chocolate não ocupe o espaço de outros alimentos essenciais para a nossa saúde. Assim, devemos escolher preferencialmente chocolates embalados em pequenas porções, como bombons, por exemplo. No caso dos ovos, separe sua porção, feche a embalagem do ovo e somente depois consuma-o, para que não fique tentada a comer mais um pedacinho.

Mas como nos conter em relação à porção? O chocolate possui propriedades organolépticas (aquelas relativas a sabor, textura, odor, consistência) únicas.

Pesquisas demonstram que o chocolate é um dos alimentos preferidos nos Estados Unidos, e 70% das mulheres relatam não conseguir substituí-lo por nenhum outro alimento. O truque é usarmos essas propriedades a nosso favor. Morder pedaços pequenos, e deixá-los derreter na língua é uma forma de prolongarmos o prazer que o chocolate nos dá. Saboreando-o bem, deixando que todo aquele sabor se espalhe pela boca.

Chocolate amargo possui menos gordura

Outra dica é escolher o tipo de chocolate que vamos ingerir. Quanto mais amargo ele for, maior a quantidade de cacau, maior a quantidade de antioxidantes, menor a quantidade de gordura. Vale também lembrar quanto ao tipo de recheio que esse chocolate tem. Recheios do tipo castanhas de caju, uva passas, flocos de arroz possuem nutrientes que aumentam seu valor nutricional. Por exemplo, uva passa contém fibras e assim estariam enriquecendo seu chocolate. Por outro lado, recheios cremosos normalmente contém alguma forma de gordura trans. Fique atento. A gordura trans é perigosa, ela aumenta o LDL (colesterol ruim) e diminuiu o HDL (colesterol bom).

Por fim, lembrem-se que o cacau, cultivado originalmente no México, era considerado um 'presente dos deuses". Utilizado como afrodisíaco, era disponível somente em ocasiões especiais, para os indivíduos mais ricos e poderosos. Em 1520, foi introduzido na Europa por exploradores espanhóis, misturado com baunilha e açúcar, uma forma mais próxima do nosso chocolate atual. Nessa ocasião, também era reservada aos nobres. Por seu alto custo, era eventualmente misturado ao café ou chá, tornando-se muito requisitado naquele continente e mais tarde também na América.

Hoje em dia, o chocolate popularizou-se e encontramos formas para todos os gostos e bolsos. Porém, não podemos deixar de conferir essa qualidade de "alimento para ocasiões especiais" e consumi-lo o tempo todo. Guarde-o para um momento oportuno, transformando o simples "comer um chocolate" em um "DEGUSTAR UM CHOCOLATE". Sua forma física irá agradecer.

 




Redação Vya Estelar



ENQUETE

Um amor verdadeiro pode ser breve?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.