DESTAQUES

Relacionamento conturbado pode mudar e ter um final feliz?

Anette Lewin 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Raramente casais brigam por ideias

por Anette Lewin

"Fui noiva por dois anos, brigamos muito, mas ainda tenho o sonho de casar com ele"

Resposta: As pessoas, em geral têm características que dificilmente mudam O que pode mudar é o jeito de lidar com essas características. Em geral, quando casais brigam muito, sempre há alguma coisa que detona essa briga: um tom de voz, um jeito de olhar, uma determinada expressão. Raramente os casais brigam por ideias, em geral brigam por atitudes.

Para que as brigas diminuam, portanto, tente entender o que detona essas brigas e mudar suas atitudes. Evite esperar que ele mude, mude você. Fale num tom diferente, olhe de um jeito diferente até encontrar alguma coisa que provoque nele a vontade de te escutar e não a de explodir com você.

Algumas pessoas diriam: mas assim, eu vou deixar de ser eu mesma, não vou fazer o que sinto! Sinto muito, mas para nos relacionarmos de forma saudável temos de abrir mão de impulsos. O que não significa deixarmos de ser nós mesmos. Apenas nos "arrumarmos" melhor para receber o outro. Afinal, não colocamos nossas melhores roupas para encontrarmos com a pessoa de que gostamos? Por que não colocarmos a melhor cara, o melhor sorriso, a melhor palavra? Pense nisso.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA
COMUNICAR ERRO

Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data.

ENQUETE

Relação aberta ajuda a reacender o romance?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.