DESTAQUES

Não sei se amo meu marido o suficiente, sinto-me atraída por um ex-amigo colorido

Blenda de Oliveira 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Inclua seu marido nas suas inquietações

por Blenda de Oliveira

"Sou casada há três anos, mas muitas vezes tenho a sensação de que não amo meu marido o suficiente para ficar com ele para sempre. Eu me reaproximei de um ex-amigo colorido, mas só nos encontramos e não tivemos nada, mas estamos numa perfeita sintonia. Às vezes penso em me separar, mas acho que vou me arrepender, pois gosto do meu marido. Outras vezes penso em me afastar desse antigo "amigo" e tentar salvar meu casamento"

Resposta: Você já conversou com seu marido sobre suas dúvidas? Já tentou propor algo como uma chance?

Sugiro que não fique sozinha tentando decidir algo que foi construído a dois.

No melhor casamento os parceiros não são bons em tudo, há sempre problemas aqui, acolá.

Antes de decidir qualquer coisa, inclua seu marido nas suas inquietações, conte para ele como tem se sentido, seus medos, suas dúvidas e juntos proponham algo possível para os dois.

Estabeleçam um tempo para irem avaliando.

Claro que seu "amigo" e você no momento estão em total sintonia, mas vocês ainda não viveram uma intimidade.

Crise no casamento: exaurir possibilidades

Casamento, como bem sabe é outra coisa, por isso tente exaurir as possibilidades no seu. Quanto aos seus encontros com esse amigo, veja se não atrapalham a tentativa de entendimento ou não do seu casamento. Não estou nem de longe com qualquer ideia que manter-se casada é o melhor, mas acho que você e seu marido merecem uma chance de compreenderem e decidirem sem surpresas o que poderá fazê-los sentirem-se melhor nessa parceria.

Abraço, boa sorte!

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga e psicanalista Blenda de Oliveira responderá dúvidas e perguntas sobre conflitos familiares e entre pais e filhos. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Blenda de Oliveira

Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Psicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP). Psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais. Atuante como Life Coaching em diversas áreas, utilizando essa metodologia para colaborar nos processos de sucessão familiar nas empresas.



ENQUETE

Um amor verdadeiro pode ser breve?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.