DESTAQUES

Conheço minhas paqueras na internet, mas não consigo aprofundar minhas relações

Anette Lewin 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Para poder namorar é preciso filtrar os relacionamentos

por Anette Lewin.

"Fica tudo no superficial, no nível sexual, e em geral, são homens comprometidos e mais novos do que eu, tenho 39 anos."

Resposta: Você está querendo se relacionar, mas não está filtrando seus relacionamentos. Pessoas casadas, com idade muito diferente da sua podem te trazer bons momentos mas dificilmente querem aprofundar a relação. Se você quer se divertir, ok, você está no caminho certo. Mas se você pretende encontrar um novo companheiro, você tem que parar e pensar o que você quer de um companheiro, e ir atrás, com muita paciência e critério. Nada de errado em procurar na net, mas as pessoas percebem quando foram escolhidas ou quando estão apenas tapando um buraco na vida de alguém. E quem sente que está tapando buracos normalmente se torna cruel e trata as pessoas da forma que você tem sido tratada ultimamente. Reavalie suas atitudes e continue a procurar sem desespero.

Começamos bem a relação, já até transamos, mas agora ele não me liga mais

Resposta: Num relacionamento nem sempre as coisas acontecem no tempo e na freqüência que a gente quer. Não é ligando toda hora ou ficando desesperada por ele não ligar, que você vai conseguir que ele se aproxime de você. Muito pelo contrário, ficar correndo atrás não adianta.Tente controlar sua ansiedade e esperar que ele te procure. Antes de se apaixonar por alguém, você tem que gostar de você mesma, e quem gosta de si mesma não fica implorando atenção.

Nosso namoro não anda porque ele é enrolado com a ex
Por ela ele tem carinho e culpa e por mim amor, não conseguimos ficar longe, fico muito triste porque o amo e não acho correto pressioná-lo.

Resposta: Se você reler seu e-mail verá que está usando os mesmos argumentos que ele usa para não agir: escrúpulos, moral e culpa. Ele diz que tem um dever moral para com a ex, por ser uma história antiga e terem perdido a virginidade juntos, e você diz que não fica bem usar chantagem emocional para prendê-lo. Então os dois ficam imobilizados por excesso de apego a argumentos. Alguém vai ter que tomar alguma decisão e sacrificar algum argumento para isso. Como quem escreve é você, cabe a você entender que ele tende a 'criar' situações para que elas resolvam suas índecisões. Está esperando que a ex o pressione para cair fora. E você? Será que não está agindo da mesma forma, esperando que um fator externo tome a decisão por você? Pense nisso.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data.



ENQUETE

Você é feliz no trabalho?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.