DESTAQUES

Meu namorado só que saber de ficar em casa. O que faço?

Anette Lewin 01/01/2016 COMPORTAMENTO
As mulheres gostam de sassaricar

por Anette Lewin

"Namoro há sete anos, meu namorado nunca me levou para sair, passear. Isso me deixa triste, pois só ficamos na casa dele. Gosto muito dele, mas não consigo terminar. Por ele não gostar de sair comigo, as pessoas dizem que ele não gosta de mim."

Os homens, em geral, quando se estabilizam emocionalmente, têm mesmo uma tendência a essa "acomodação" que você relata.

Para eles, ficar em casa vendo televisão, lendo ou dormindo têm um sabor que as mulheres não entendem e que, em geral, interpretam como desafeto. Não costuma ser, normalmente é apenas uma tendência baseada na famosa diferença entre homens e mulheres. Os homens, em geral, são mais focados. Se estão em alguma atividade, seja ela qual for, conseguem se concentrar e se preencher apenas com ela. As atividades caseiras, nesse sentido, são confortáveis para eles. Já as mulheres são mais dispersas, gostam de ver muita coisa ao mesmo tempo, ir de um lugar para o outro, entrar e sair de lojas, observar as pessoas. Enfim, como se diz popularmente, gostam de "sassaricar".

Coisa que para os homens costuma ser entediante. É a claro que no inicio do relacionamento essas diferenças estão mascaradas pela vontade de agradar, mas depois de sete anos...

Por outro lado, existem as caracteristicas individuais de cada relacionamento que podem reforçar ou atenuar essas diferenças. As atividades de lazer devem ser agradáveis, leves, descompromissadas. Alguns casais, porém, as transformam num verdadeiro inferno ao brigar por qualquer coisa, usá-las para discutir a relação ou culpar o(a) parceiro(a) pelo que não saiu conforme o esperado. E aí, a memória desses momentos acaba sendo algo desagradável. Pense se vocês não se enquadram nesse modelo e, se for o caso, tente, ao sair para passear, deixar o clima mais propício.

Se, no entanto, perceber que seu namorado não está muito afim desse tipo de atividade mesmo sendo leve e agradável, evite fazer disso um enigma insolúvel porque não é!. Programe seus passeios com pessoas que gostam de sair e fazer as mesmas coisas que você gosta. Certamente existe uma amiga, mãe ou prima que adora entrar em todas as lojas do shopping ou assistir aquele filme romântico. Vá com elas,ou, por que não, vá sozinha, e deixe seu namorado fazer o que ele gosta. Pouco romântico? Pode ser, mas talvez uma atitude mais coerente que pode evitar um desgaste desnecessário. E, de vez em quando tente ficar em casa com ele sem fechar a cara. É o primeiro passo para conseguir que, ao sair com você, ele tambem tente ser uma companhia mais agradável mesmo num programa que, a princípio, ele não escolheu.

ATENÇÃO: As respostas do profissional desta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um profissional de psicologia e não se caracterizam como sendo um atendimento

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA
COMUNICAR ERRO

Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data.

ENQUETE

Você acha que um romance iniciado no Carnaval tem chances de dar certo?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.