DESTAQUES

O melhor é consumir a fruta ou o suco?

Jocelem Salgado 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR
Sede já é um indicativo de desidratação

por Jocelem Salgado 

Por mais que o calendário nos mostre que ainda não é verão, as altas temperaturas já nos faz empacotar os casacos, colocar os cachecóis no fundo da gaveta, e tirar do guarda-roupa shorts, chinelos, roupas fresquinhas e o protetor solar. Há também quem já pense nas praias e piscinas e, apressadamente, inicia o projeto verão!

O calor que anda fazendo (antecipadamente) em todo País, acaba mexendo com o funcionamento do nosso corpo, comportamento e bem-estar. A alimentação pode ser uma via saudável para que possamos nos sentir melhor e mais dispostos com toda essa temperatura. Ao contrário do inverno, onde temos a necessidade de ingerir alimentos mais energéticos para manter a temperatura corporal. No verão, nosso corpo pede um consumo maior de líquidos para compensar a perda de água e sais minerais decorrentes da transpiração. Por esse motivo, pequenos novos hábitos podem tornar os dias quentes mais proveitosos.

As altas temperaturas favorecem a perda hídrica por meio da transpiração, e é dessa forma que nosso corpo se resfria. Logo, a recuperação de água deve ser constante, uma vez que a produção de suor aumenta à medida que nos movimentamos. Vale ainda ressaltar que a sede já é um indicativo da desidratação, então vale a pena ter uma garrafinha ou copo d'água sempre por perto.

Naturalmente com a chegada das altas temperaturas, as frutas coloridas e saborosas tornam-se mais atrativas nas prateleiras do supermercado. E claro, o consumo desse tipo de alimento é sempre bem-vindo; ricas em vitaminas e sais minerais, são capazes de fortalecer o sistema imunológico; apresentam ação específica na prevenção e controle de algumas doenças; facilitam o desempenho de todo o sistema digestório; além de agregarem mais cor e sabor à nossa dieta.

Três a quatro porções de frutas diárias

Não necessariamente há uma "lista de frutas ideais" a serem consumidas, mas sim, o consumo delas na dieta que é essencial para uma alimentação equilibrada. Sejam exóticas, silvestres ou da estação, o consumo de três a quatro porções de frutas diariamente, agrega, além de qualidade nutricional à dieta, traz inúmeros benefícios à saúde, protegendo contra os radicais livres, e dessa forma protegendo o nosso corpo de várias doenças, uma vez que o excesso de radicais livres, ou seja," estresse oxidativo", tem sido apontado como principal responsável pelo inicio de várias doenças, inclusive as crônico-degenerativas como câncer, diabetes, doença cardiovascular, e até doenças neurodegenerativas como Alzheimer, Parkinson etc.

Fruta ou suco?

Com o incentivo ao consumo de frutas, surge a dúvida sobre qual a melhor forma de consumi-las: em frutas ou em suco. As frutas, bem como seus sucos, são fontes de vitaminas e minerais como já dito, entretanto ao cortar a fruta, algumas vitaminas como a C, perdem um pouco seu efeito, mas se o suco for tomado na hora, a diferença é muito pequena.

Os sucos podem ser indicados para quem não se habitua com a textura ou não gosta de ingerir a fruta. No entanto, o processo de mastigação dá maior saciedade quando comparado com a ingestão de sucos. Outra diferença entre o consumo da fruta e do suco são as fibras; de frutas como laranja, mamão, ameixa, abacaxi e manga, que podem ser quebradas no liquidificador ou retiradas quando o suco é coado, o que também diminui a saciedade. A importância das fibras é grande, elas não são absorvidas pelo nosso organismo, mas ajudam a regular o intestino, eliminar gorduras das artérias e reduzem taxas de LDL (o colesterol ruim).

Vale lembrar que em um copo de suco são usadas muitas frutas, isso faz que com o açúcar natural delas, a frutose, esteja mais concentrado. Por exemplo, imagine-se comendo três laranjas, depois imagine-se tomando um copo de suco. A saciedade é muito menor, certo? Há o fato também da retirada das fibras (novamente elas!) que pode resultar em um pico glicêmico o que pode não ser bom para diabéticos ou pessoas com uma dieta restrita.

Por fim, independente da forma mais adequada de ingerir a fruta, o importante é não deixar de consumi-la! A água adicionada ao suco supre também a necessidade de líquidos no nosso organismo, mas se mastigarmos a fruta crua, o estímulo ao nosso sistema digestório é grande. Sendo assim, o benefício é presente nas duas formas.

Para a alimentação no geral, além das frutas, consuma carnes magras, cereais integrais, pães integrais, folhas verdes e legumes. Evite alimentos gordurosos como queijos gordurosos, frituras, molhos à base de creme de leite e maionese, pois nosso organismo fica sensível aos condimentos fortes e gorduras, com as altas temperaturas.

Se for comer um sanduíche prefira os com carnes magras e vegetais, prefira os sucos à base de fruta aos industrializados, varie a hidratação com chás gelados e água de coco. Atente-se aos alimentos à base de ovos, gordura e leite, eles requerem refrigeração adequada, uma vez que no calor a proliferação de bactérias pode causar intoxicação alimentar.

Uma forma de incluir novos hábitos à dieta é buscar por novos alimentos e novas formas de consumo, como optar pela compra de frutas da estação, ou se aventurar fazendo um novo tipo de picolé!

A seguir duas receitas que podem tornar a "dieta de verão" mais nutritiva e saborosa.

Sorvete de manga com gengibre

Ingredientes:

2 mangas Tommy ,Rosa ou Palmer cortadas
2 inhames médios descascados e cortados
2 cm de gengibre picado
Preparo:
Coloque primeiro as mangas, depois o inhame e por último gengibre. Bata tudo no liquidificador e guarde em um recipiente de plástico. Leve ao freezer até congelar.

Salada de folhas verdes com molho de cenoura

Para a salada:

½ maço de rúcula lavada
1 maço de alface lavada

Molho:

1 colher de (sopa) cebola picada
½ xícara (chá) de cenoura picada
2 colheres (chá) gengibre picado
2 colheres de vinagre de maçã
3 colheres de azeite de oliva
1 colher (chá) de óleo de gergelim tostado
1 colher (sopa) de salsinha

Preparo:

Bata os ingredientes do molho no liquidificador e sirva em cima das folhas verdes. Enfeite com gergelim preto.

Atenção!
Este texto e esta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um médico e não se caracterizam como sendo um atendimento.

COMUNICAR ERRO
loading...

Jocelem Salgado

Profa. Titular de Vida Saudável da ESALQ/USP/Campus Piracicaba. Autora dos livros: "Previna Doenças. Faça do Alimento o seu Medicamento" e "Pharmácia de Alimentos. Recomendações para Prevenir e Controlar Doenças", editora Madras

ENQUETE

9 verdades e 1 mentira sobre si mesmo no Facebook. O que você acha?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.