DESTAQUES

Por que no Brasil acupuntura virou sinônimo de medicina tradicional chinesa

Jou Eel Jia 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR
Meditação já é bem aceita no Ocidente

por Jou Eel Jia

A Medicina Tradicional Chinesa costuma trabalhar com quatro ferramentas: acupuntura, fitoterapia, dietoterapia e práticas corporais.

Pelo fato de a acupuntura ser bastante divulgada e também em muitos países do mundo ser especialidade médica, tornou-se sinônimo de Medicina Tradicional Chinesa. No entanto, a fitoterapia, é bastante usada na China e até mais do que a acupuntura.

Brasil a fitoterapia ainda não é tão desenvolvida por falta de estudos científicos no Ocidente.

A prática da dietoterapia, que é a cura através da alimentação, é pouco divulgada por causa da diferença de cultura e costumes: muitos alimentos comumente usados na China, não são afeitos ao paladar ocidental.

A prática corporal já é bastante divulgada hoje, como tai chi, meditação e Lien Ch'i - saiba mais. Na subdivisão dessa técnicas encontra-se o Qi Gong (veja aqui) que exige mais aprimoramento, estudo e difusão aqui no Ocidente.

Atualmente com o auxilio da mídia e também de estudos científicos, a meditação já é bem aceita no Ocidente e muitas vezes atua como coadjuvante no tratamento de doenças. Atualmente grandes hospitais brasileiros já possuem sala de meditação.


Atenção!
Este texto e esta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um médico e não se caracterizam como sendo um atendimento. Evite a automedicação.




Jou Eel Jia

É formado em Medicina pela UNIFESP e é Presidente da Associação de Medicina Tradicional do Brasil (AMC). Professor Titular de Pós-graduação em MTC e Acupuntura do HSPM e Faculdade de Medicina de Jundiaí. Autor dos livros Ch’an Tao, essência da Meditação (editora Sumus) e Ch’an Tao Conceitos Básicos: Medicina Tradicional Chinesa, Lien Ch’i e Meditação (editora Ícone).



ENQUETE

Para você a traição significa falta de amor ou que o relacionamento chegou ao fim?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.