DESTAQUES

Meu marido cisca mas não morde, mas isso me magoa muito

Anette Lewin 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Boa relação depende do que se quando estão juntos

por Anette Lewin

Meu marido paquera outras mulheres, acho que ele não me traiu no sentido de sair com outra; mas isso me magoa muito. Já conversei com ele. Ele nega, mas vejo que mente, pois sua expressão muda, ele fica nervoso e até sua frio.

Resposta: Aqui chegamos à questão de qual seria o limite entre trair e não trair. Se olhar para outra mulher é trair, e magoa, pensar em outra mulher também seria traição? Talvez, só que ainda não inventaram máquina de ler pensamento. Assim, sendo o pensamento algo que ele faz escondido... é permitido ou não?

Bem, no seu caso vocês já conversaram sobre isso e ele fica nervoso quando questionado. Mas o nervosismo e a "saia-justa" não o impedem de repetir o comportamento. Pergunto: Será que esse comportamento se instalou agora, ou ele já fazia isso antes de vocês se casarem? Se esse comportamento é novo, talvez valha a pena você se questionar por que ele passou a olhar tanto para as outras mulheres. Será que você está sendo uma companhia agradável? Ou tornou-se previsível, irritada, cobradora....? Olhar para outras, nesse caso, seria uma forma de buscar algum estímulo para se sentir bem, valorizado, desejado...

Agora, se esse comportamento já fazia parte do jeito de ser dele e você casou com ele apesar disso.... bem, aí fica difícil esperar uma mudança. Nesse caso, o mais adequado seria não trazer a questão à tona o tempo inteiro. Ficar discutindo se olhou, não olhou, paquerou, não paquerou, já vimos que não dá certo. Ao invés disso, você poderia tentar chamar a atenção para você com comportamentos mais agradáveis, assuntos de comum interesse, expressões de afeto mais constantes ou qualquer outra coisa que transforme os momentos em que vocês estão juntos em momentos, pelo menos, confortáveis. O conforto acolhe. O desconforto, na maioria das vezes, afasta. Tentar descobrir através da expressão dele se ele está dizendo a verdade ou mentindo é, no mínimo, uma forma de você se ocupar com um joguinho de detetive que nada acrescenta à relação.

Resumindo, um bom relacionamento depende do que se faz nos momentos em que se está junto.Se você investir nesses momentos, ao invés de ficar se preocupando com o que ele faz quando está com o olhar longe de você, certamente aumentará as chances de conseguir chegar a uma relação com mais conforto, afeto e cumplicidade.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA
COMUNICAR ERRO

Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data.

ENQUETE

Relação aberta ajuda a reacender o romance?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.