DESTAQUES

Excesso de controle e preocupação da mãe tornam filho inseguro?

Blenda de Oliveira 01/01/2016 PSICOLOGIA
Tente se conhecer um pouco mais para deixá-lo livre para ser criança

por Blenda de Oliveira

"Sempre fui uma mãe muito preocupada com meu filho, principalmente se ele não estiver diante de meus olhos. Meus colegas acham que sou exagerada e assim deixo-o inseguro. Por que tenho esse medo?"

Resposta: Sem dúvida o excesso de controle e preocupação podem causar não só inseguranças no seu filho, mas uma baixa autoestima. Isso porque a boa autoestima se constrói no enfrentamento dos obstáculos, na capacidade de lidar com os erros e os equívocos e não desistir, persistir. Quando somos superprotetores estamos subestimando a capacidade da criança conviver com o mundo. É na convivência que há mudanças, abertura para a diversidade e a experimentação do novo.

Quando permitimos que uma criança possa ter ao seu lado a presença segura dos pais e, ao mesmo tempo, sentir-se encorajada ao desafio, estamos colaborando para o desenvolvimento da inteligência emocional e cognitiva, aquela que usamos para conhecer, raciocinar e pensar.

Seria interessante que você pudesse entender melhor as razões pelas quais controla e se preocupa com seu filho.

Tente se conhecer um pouco mais para deixá-lo livre para ser criança, brincar e criar.

Esta será a melhor proteção para seu filho, torná-lo autônomo e responsável. Assim ensinamos nossos filhos o valor de saber se cuidar.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga e psicanalista Blenda de Oliveira responderá dúvidas e perguntas sobre conflitos familiares e entre pais e filhos. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Blenda de Oliveira

Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Psicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP). Psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais. Atuante como Life Coaching em diversas áreas, utilizando essa metodologia para colaborar nos processos de sucessão familiar nas empresas.



ENQUETE

Você prefere ouvir o quê?







VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.