DESTAQUES

O homem de conhecimento exercita a disciplina no seu caminho

Carminha Levy 01/01/2016 AUTOCONHECIMENTO
Espreita, intenção e domínio do sonho

por Carminha Levy

Mergulhando no universo xamânico de Carlos Castañeda, mais ensinamentos do seu Mestre D. Juan.

- O que todo novo vidente (homem de conhecimento) necessita é desenvolver um intenso interesse por 'ver' o brilho da consciência e desenvolver três conjuntos de técnicas que se tornam sua pedra angular na busca do domínio da consciência. O primeiro é a espreita, o segundo é a intenção e o terceiro é o domínio do sonho.

A espreita surgiu da observação de que quando os guerreiros se comportam algum tempo de modo fora do habitual, suas emanações interiores começam a brilhar. Espreita exige um comportamento sub-reptício (oculto) diante das pessoas. A espreita, portanto, traz para o homem de conhecimento, um mistério que na verdade não possui. Espreitar é meramente um comportamento diante das pessoas que leva a pessoa a agir rapidamente, sem ter que pensar muito - é mágico.

O domínio da intenção, justamente com a espreita, tornam-se as duas obras primas dos novos videntes ou homens de conhecimento. Para tal é necessário, através da 'visão' dominar a energia da força do 'alinhamento'.

Pode-se 'ver' como o brilho da consciência aumenta em tamanho e intensidade quando as emanações interiores são alimentadas com as emanações livres do mundo. A energia que se produz é a 'vontade'. A vontade responde pela percepção do mundo dos eventos comuns e renova o alinhamento para dar um sentido de continuidade à percepção.

Surgiu assim o que D. Juan chama de 'intenção' que é a orientação proposital da vontade - a energia do alinhamento.

A terceira técnica surgiu quando os homens de conhecimento perceberam que 'ver' as emanações é terrivelmente perigoso, corre-se um risco mortal. Como escudo protetor, desenvolveram o 'sonhar' em estado normal de consciência. Por ser muito perigoso este só pode ser desenvolvido com o completo controle da consciência, pois os 'sonhadores', são muito vulneráveis.

No nosso estado normal de consciência, temos incontáveis defesas, mas durante o 'sonho', emanações inusuais (mal qualificadas) podem invadir o sonhador, misturando-se com as boas emanações.

'Sonhar', assim como 'espreitar', começa com uma simples observação do que ocorre e nos ensina a manejar nosso corpo sonhador. Os sonhadores precisam atingir um equilíbrio muito sutil, pois o sonho não pode ser comandado pelo esforço consciente do sonhador.

Só a força ou a fraqueza interior dos 'sonhadores' pode livrá-los das ciladas que surgem do 'sonhar'.

Os homens de conhecimento podem cair nestas ciladas tornarem-se fracos, compulsivos e caprichosos. Daí a necessidade das regras rígidas de disciplina do caminho do homem de conhecimento. Só através de praticar a impecabilidade do Guerreiro, o " sonhador" pode equilibrar o esforço não consciente com a força sutil e criar o "corpo sonhador", cheio de força interior. Uma vida de impecabilidade leva inevitavelmente ao sentido de sobriedade que só você pode conseguir com sua força de vontade cotidiana.




Carminha Levy

Pioneira no ensino simultâneo de Xamanismo e Psicologia, criou um programa de Facilitadores Xamânicos em Xamanismo Matricial que resgata a sabedoria da Grande Deusa Mãe Terra: a Madona Negra - o matriarcado associando-o ao patriarcado - o Xamanismo Matricial. Instrutora do Neoxamanismo no Brasil



ENQUETE

Você é feliz no trabalho?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.