DESTAQUES

Você possui uma personalidade heróica?

Roberto Shinyashiki 01/01/2016 AUTOCONHECIMENTO
Quem tenta ser super-herói pode se tornar superdepressivo

por Roberto Shinyashiki

Você já reparou que vivemos hoje uma época em que todos sabem tudo, têm todas as respostas e ganham todas? Todo mundo é super-herói. É muito provável que você mesmo se sinta exigido em ser um. Um pai perfeito, uma mãe dedicada, um profissional imbatível.

O drama é que, hoje em dia, o mundo exige que as pessoas busquem freneticamente pelo sucesso, e o menor deslize pode ser punido com o desprezo. Parece que, se a pessoa não for sensacional em tudo o que faz, será um perdedor.

E mais: nesse mundo de aparência e ostentação, em que o dinheiro está sendo mais valorizado do que os sentimentos, as pessoas se encontram, mas não se relacionam, trabalham mas não se realizam e, principalmente, vivem sem conhecer a própria alma.

As pessoas tentam ser super-heróis e acabam se tornando superdepressivos. Na tentativa de parecer ser e ter o máximo, acabam vivendo com o mínimo...

O resultado dessa busca neurótica é um vazio insaciável. Porque ninguém consegue viver na ilusão de ser o máximo por muito tempo. Uma hora a máscara cai e o super-herói volta a ser simplesmente um ser humano. Nesse momento, alguns não conseguem seguir adiante e fazem a bobagem que o filho daquela senhora fez..

No entanto, me lembrei de que existem pessoas que seguem seu coração e acordam felizes com a oportunidade de viver mais um dia. Pois a plenitude da vida está na descoberta de quem somos e no aprendizado corajoso de ser quem somos.

Afinal, assumir nossos objetivos exige muita coragem em um mundo que quer definir o que é sucesso. Assumir nossos sentimentos exige muita coragem em uma sociedade que nos pressiona para estarmos sorrindo o tempo todo. Assumir nossos erros exige muita coragem em um mundo que parece feito de pessoas que sempre ganham todas...

Mas tenho certeza de que, se todos acreditarmos, poderemos construir um mundo em que possamos simplesmente seguir nossas vocações, sem nos preocuparmos em competir todos os dias das nossas vidas. Pense nas pessoas que, com ações generosas, nos mostram um caminho possível de realizações, sem necessidade de machucar ninguém, nem a si mesmas. Chamo essas pessoas de heróis de verdade.

Gente comum, que consegue se realizar com muita simplicidade, sem barulho nem fogos de artifício. Que não abre mão de seus valores e cria os filhos com alegria e dignidade. Que não precisa gritar em sua empresa para serem escutadas. Que não tem de assistir filmes eróticos para se excitar. Gente que não foge de sua vocação para ganhar mais dinheiro.

São pessoas que em vez de se mirar em celebridades e buscar o sucesso a qualquer preço, constróem sua vida baseada nas ordens de seu coração. Pessoas que valorizam a essência e não as aparências.

Heróis de verdade é o tema do meu próximo livro. É uma homenagem a essas pessoas que buscam valorizar a essência da vida. É também meu incentivo para que você caminhe de acordo com seus valores mais profundos e não caia na tentação de se tornar mais um super em um mundo de estrelas sem brilho próprio.

COMUNICAR ERRO

Roberto Shinyashiki

É médico psiquiatra, com especialização em Administração de Empresas (MBA USP), é consultor organizacional, palestrante e autor de 12 títulos, entre eles o lançamento “Tudo ou Nada”, “Heróis de Verdade”, “Amar pode dar certo”, “O sucesso é ser feliz” e “A carícia essencial”. Mais informações: www.shinyashiki.com.br

ENQUETE

Você acha que um romance iniciado no Carnaval tem chances de dar certo?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.