DESTAQUES

Como enfrentar a separação quando ela acontece na gravidez?

Eduardo Yabusaki 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Pense no seu bebê e na importância dele receber bons sentimentos

por Eduardo Yabusaki

O que leva um homem a tomar a importante decisão de se separar, muitas vezes de forma impulsiva e insensata, no momento em que está para ser pai?

Essa situação é cada vez mais comum e mais parece um ato de crueldade e covardia sem às vezes qualquer justificativa plausível.

Depois de tantos anos de experiência trabalhando com casais, também passei a me deparar com a condição do esgotamento de possibilidades de permanecerem juntos, e nessa situação nada resta a fazer senão viver efetivamente a separação.

Em relação ao casamento entre esse pai e essa mãe, é preciso compreender que um relacionamento só não tem solução ou não dá certo, se as partes não desejarem ou não se dispuserem para isso. Portanto, sempre acredito na possibilidade de reconciliação e reestabelecimento da relação.

Bem-estar do bebê

Pensando inicialmente no bebê, que não teve nenhuma escolha por viver as consequências das atitudes de seus genitores; é desumano submetê-lo a isso. Já que cientificamente é incontestável que ele sofre a interferência da dor emocional vivida pela mãe.

Gravidez e um novo amor

Na condição de grávida, deve-se deixar de priorizar os próprios interesses, seja para tentar resgatar o par ou buscar um novo relacionamento. Afinal, por mais que se queira ou sinta a necessidade de se ter alguém, o momento não é o mais propício ou favorável para essa busca. É importante que se viva a perda da separação e elabore o desvínculo do par sem grandes angústias ou sofrimento. Esse é o lado mais difícil da separação. Mas pense no seu bebê e na importância dele receber bons sentimentos e bons fluidos através de sua tranquilidade.

Acredite sim que poderá futuramente viver tudo que deseja e espera na vida afetiva, mas que terá de adiar por um tempo, até que possa efetivamente canalizar suas energias para isso.

Procure não se abalar demasiadamente para que tenha forças e energia para esse momento tão grandioso na sua vida: cuidar de seu bebê! Curta e viva intensamente cada momento da geração dessa criança. Não se abata e acredite que logo poderá buscar novamente o que tanto deseja.




Criteo Publicidade:

Eduardo Yabusaki

Eduardo Yabusaki - Psicólogo e Sexólogo Especializado em Terapia Comportamental Cognitiva, Terapia de Casal e Terapia Sexual. Coordenador do Curso de Sexologia Clínica ministrado em diferentes cidades há mais de 15 anos. Docente convidado do Curso de Fromação em Sexologia Clínica de BH. Responsável pelo www.vidadecasalbh.com.br



ENQUETE

“Nada mais indigesto para o mundo que a liberdade de uma mulher", diz Fernanda Young. Você concorda?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.