DESTAQUES

Fiquei com um rapaz mais velho e ele avançou o sinal

Anette Lewin 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Busque uma conversa franca

por Anette Lewin

"Ele me deixou em estado de choque, mas acho que ele merece uma segunda chance."

Resposta: Talvez, pelo fato de ser mais velho, o que para você significa um avanço de sinal, para ele pode não ter o mesmo significado. Em todo caso, o relacionamento de vocês precisa de uma conversa franca, onde os dois se coloquem, falem do que pode e do que não pode e se entendam. Ele talvez por fruto de uma cultura machista avance o sinal mesmo e cabe a você consentir ou não de acordo com seus sentimentos e convicções.

Tenho um relacionamento difícil pelo fato dele ser mais velho. O que eu faço?
Tenho 30 anos e meu namorado 51. Sempre tive o sonho de me casar e ter minha família, mas acabei me apaixonando por ele, que já tem uma vida pronta. Ou seja, alguém que não quer mais se casar, ter filhos. Ele mal tem tempo para fazer passeios comigo, pois tem sempre que estar fazendo as vontades dos 'seus'. Existe alguma chance dessa relação dar certo?

Resposta: Para que um relacionamento dê certo você tem que avaliar o que a pessoa com quem está, pode de fato te oferecer e, a partir daí, tomar sua decisão. As pessoas raramente mudam e ficar com alguém esperando que esse alguém mude no futuro, é um risco! Tente entender por quais características você 'se apaixonou', se ainda está apaixonada e se está disposta a conviver com alguém que tem uma história e uma família com a qual você terá de conviver.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data.



ENQUETE

Um amor verdadeiro pode ser breve?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.