DESTAQUES

Estou desesperada, já até pulei de um carro em movimento...

Eduardo Ferreira Santos 01/01/2016 PSICOLOGIA
Quadros de ataques de pânico costumam mesmo ser dramáticos

por Eduardo Ferreira Santos

"Não sei o que fazer. Estou desesperada por respostas a tudo que venho sentindo e vivendo. De maneira bem resumida, vou dizer o que está acontecendo. Pulei de um carro em movimento. Não sei te explicar os motivos que me levaram a tal atitude. Durante à noite sempre tenho sentido calafrios, falta de ar e meu coração totalmente fora do ritmo normal; fora que fico com a boca seca, minhas mãos suam..."

Resposta: A menos que algo mais grave esteja ocorrendo, e que você não tenha relatado aqui, parece que o seu caso é simplesmente (se é que podemos chamar de simples) de verdadeiros ATAQUES AGUDOS DE ANSIEDADE, o famoso ATAQUE DE PÂNICO que, se acontecer repetidas vezes e inesperadamente, podem caracterizar o chamado TRANSTORNO DO PÂNICO.

A solução é buscar ajuda psiquiátrica que, com medicação adequada e orientação psicoterapêutica eficaz, farão, com certeza, com esses sintomas desapareçam.

Os quadros de Ataques de Pânico costumam mesmo ser dramáticos (são como as crises epilépticas) mais assustam a quem os presencia do que fazem mal para quem sofre deles.

Atenção!

Este texto e esta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um médico e não se caracterizam como sendo um atendimento.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. O psiquiatra e psicólogo Eduardo Ferreira Santos responderá dúvidas e perguntas sobre os relacionamentos de uma maneira geral, sobre autoestima e conflitos emocionais. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Eduardo Ferreira Santos

Psiquiatra e psicoterapeuta. Obteve Titulo de Mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP e o de Doutor em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina na USP. Escreveu os seguintes livros sobre relacionamento amoroso: Casamento missão (quase) impossível; Ciúme: O medo da perda; Ciúme: O lado amargo do amor Mais informações: www.ferreira-santos.med.br



ENQUETE

Para você a traição significa falta de amor ou que o relacionamento chegou ao fim?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.