DESTAQUES

Aprenda e habitue-se a escolher bons pensamentos

Emilce Shrividya Starling 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Você pode concentrar o pensamento naquilo que quer

por Emilce Shrividya Starling

O poder da imaginação é como uma mágica mental que traz o sucesso e um bom desempenho em qualquer atividade ou profissão. É importante ter imagens mentais daquilo que desejamos para concretizarmos nossos ideais.

Geralmente, a mente se modifica constantemente, aprisionada no passado ou no futuro, reagindo em vez de agir. Se alguém pensa que é um fracassado, é porque alimenta em si mesmo a impressão de ser um fracasso.

Essa crença o molda de acordo com o que acredita, trancando-o numa prisão interna feita pelos seus próprios pensamentos.

A imaginação nos liberta, pois liga nossa mente à fonte de todo o poder. Existe uma causa mental por trás de todas as coisas e quando modificamos a nossa própria consciência, alteramos nossa percepção e a maneira que vemos o mundo. Ao desenvolver esse poder interior mudamos o mundo exterior modificando primeiro nosso mundo interior.

Modificando a causa de todas as coisas - nossa própria mente - percorremos o caminho certo para atingirmos nossos objetivos. Passamos a agir de acordo com nossas imagens mentais e assim, nossas ações correspondem sempre a essas imagens e atraímos o equivalente no mundo físico.

Treinando nosso poder de imaginação nos libertamos das frustrações, da incapacidade e dos estímulos externos. Através dessa vigilância sobre nossos pensamentos e imagens mentais podemos modificar nosso destino.

É importante compreender que a força mental existe. Ela é como um enorme campo eletromagnético. Muitas pessoas realizam sempre as mesmas tarefas obtendo os mesmos resultados, e assim se tornam frustradas e descontentes. É preciso romper esses padrões mentais repetitivos se desejam obter resultados diferentes.

O Ser divino habita dentro de nós, no espaço silencioso da mente, e não pode haver paz sem esse conhecimento espiritual. Quem vive afastado do seu próprio Ser, priva-se da fonte de todo o poder interior, vive com medo e sem o verdadeiro apoio interno.

Como escreveu Robert Stevenson: “Ser aquilo que somos e concretizarmos todas as nossas potencialidades é a única finalidade da vida”. Mas quando frustramos nosso potencial divino, aceitando as limitações da mente, ficamos presos ao sofrimento. Somos como marionetes, manejados pela mente negativa, sem entendê-la e sem controlá-la.

As dores da alma como raiva, medos, decepções, inveja, mágoas são, na maioria das vezes, padrões mentais e temores exagerados de nossa imaginação. E, a solução é enfrentá-los de frente, percebendo-os e não se submetendo a esse ego negativo que nos faz pensar que somos menos do que realmente somos ou mais do que os outros.

Qualquer imagem formada em nossa mente necessariamente se concretiza no mundo material. É algo que não se pode evitar. Enquanto vivermos e pensarmos, guardaremos imagens em nossas mentes que se tornam coisas reais em nossas vidas. Enquanto pensarmos de uma determinada maneira, viveremos dessa maneira. Nenhum desejo ou vontade pode modificar esta situação. Somente a imagem formada em nossa mente o poderia fazer.

Quando chegarmos a compreender nossa essência mental e a natureza inquieta e efêmera da mente, vamos entender o poder libertador dentro de nós e utilizaremos esse poder para realizar nossos ideais e o que imaginarmos.

Como disse Buda:

“Nós somos o que pensamos.
Tudo o que somos surge de nossos pensamentos.
Com o pensamento, construímos e destruímos o mundo.
O pensamento nos segue como uma carroça segue a parelha de bois.
Nós somos o que pensamos.
A sua imaginação pode lhe causar mais danos que seu pior inimigo.
Mas, uma vez que você controle seus pensamentos, ninguém pode ajudá-lo tanto – nem mesmo seu pai ou a sua mãe. “

É triste ver quantas pessoas sofrem por causa do mecanismo mental. Vivem reclamando de doenças, falta de dinheiro, falta de amor, mas pensam e imaginam tudo que não querem e se surpreendem de colher os efeitos que não desejavam.

É preciso entender a lei da vida: todas as coisas – boas ou ruins-se reproduzem a partir de uma imagem mental. É através da imaginação que podemos romper nossos grilhões, condicionamentos e limitações. Podemos modificar nossa vida alterando as imagens de nossa mente, pois o que fica é sempre aquilo que acalentamos em nossa mente.

Você não pode mudar a posição das estrelas, nem fazer com que o vento sopre ou com que o mar se acalme, mas pode escolher o que pensar. Pode concentrar o pensamento naquilo que quer; fazer com que seus pensamentos brotem da fonte interior e não em resposta aos estímulos do mundo externo. Fique em paz! Namaste! Deus em mim saúda Deus em você!




Criteo Publicidade:

Emilce Shrividya Starling

É formada em Yoga pela Federação de Yoga do Brasil e Centro de Estudos de Yoga Narayana/S.P, com aperfeiçoamento em Hatha Yoga e Meditação nos Estados Unidos. É professora de Hatha Yoga em Santos (SP), desde 1989. Atualmente ensina Filosofia do Yoga e Meditação.



ENQUETE

Amor de índio pode dar certo?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.