DESTAQUES

Relacionamento longo sem namoro; pode?

Anette Lewin 01/01/2016 COMPORTAMENTO

por Anette Lewin

"Tenho um relacionamento há três anos com um psicólogo, mas ele não consegue namorar e assumir compromisso. Saímos apenas os dois e nenhum freqüenta a casa de seus familiares. Agora ele me convidou para trabalharmos juntos."

Resposta: Relacionamento é uma sequência de trocas que podem se aprofundar ou não. No seu caso você está preocupada com o que seu namorado diz e acaba deixando de dar ênfase ao que ele faz. Afinal, ele te convidou para trabalhar junto, está propondo uma aproximação, não é? Nem sempre existe um só caminho para atingirmos nossas metas e objetivos. Às vezes, temos que caminhar pelas bordas. Tenha paciência e tente deixar a relação se aprofundar pelos caminhos possíveis.

Namoro e lazer com os filhos
Sou divorciada, tenho um filho e o meu namorado, divorciado, um casal. O que não consigo entender, é que os dias em que ele fica com os filhos, eu não posso ficar junto. Já pedi isso ele, pois num relacionamento de adultos, não vejo nenhum problema de estarmos todos saindo juntos e nos conhecendo.

Resposta: Ambos possuem uma história passada de relacionamento e estão tentando refazer suas vidas juntos. Mas você não pode esquecer que cada um leva um tempo diferente para resolver o que ficou para trás, curar as feridas e preparar-se para o novo. Pode ser que você já tenha resolvido sua parte, mas ele ainda não. Se for assim, esteja preparada para ser mais paciente e aguardar, até que seu novo companheiro possa juntar as duas famílias e planejar o futuro. Tente não apressar as coisas. Com essa atitude você ganhará o respeito e a cumplicidade de seu novo parceiro.

Meu namorado não gosta que eu ganhe mais do que ele
Namoro há oito anos e meu namorado não consegue trabalhos efetivos, apenas 'bicos'. Até aí tudo bem, porém, ele fica magoado e muito depressivo, chegando a me culpar, quando sou promovida no trabalho, dizendo que estou humilhando-o. O problema dele é não admitir que uma mulher possa ganhar mais do que um homem. Isso está desgastando demais nosso relacionamento. Como fazer ele se sentir melhor, mesmo ganhando menos do que eu?

Resposta: Uma pessoa se sente bem quando se sente útil. Talvez o 'salário' esteja sendo supervalorizado e usado como parâmetro de valor pessoal, principalmente pelo seu namorado. Afinal os homens foram durante muito tempo, os únicos provedores da família. Só mais recentemente é que as mulheres começaram a trabalhar também.Tente entender, e conseqüentemente, demonstrar ao seu namorado que na relação de vocês, ele tem ou pode desenvolver outras funções importantes para o seu equilíbrio, além do dinheiro que ele ganha. Tente também não falar muito sobre suas promoções e sucessos com ele, já que o tema o constrange. Comunique discretamente e divida a euforia da promoção com pessoas que não apresentam esse tipo de insegurança.

Atenção!
As respostas desta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um profissional de psiquiatria e não se caracterizam como sendo um atendimento.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA
COMUNICAR ERRO

Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data.

ENQUETE

Você acha que um romance iniciado no Carnaval tem chances de dar certo?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.