DESTAQUES

Cura xamânica pelo poder da sucção

Carminha Levy 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR

por Carminha Levy

Sucção, esta é uma prática xamânica das mais tradicionais, porém só xamãs com a técnica medicina da sucção podem utilizá-la, por tratar-se de uma técnica muito perigosa na qual o xamã e o espírito da doença, em alguns momentos, se fundem.

Além da medicina específica o xamã deverá ter uma longa prática obtida através de treinamento com um mestre especializado. A seguir será apresentada a mais simples das técnicas de sucção. Outras mais sofisticadas demandam profundo conhecimento de plantas venenosas e uma ligação quase que íntima com uma variedade de energias intrusas aqui chamadas de "irradiação hostil".

a) É necessária uma preparação prévia do xamã como em toda cura sagrada.

b) O xamã percebe, sente, uma "irradiação hostil" ainda em E.C. C.(Estado de Consciência da Realidade Comum). Ela é facilmente reconhecível por mãos curadoras porque emana numa região do corpo do paciente onde se instalou como uma vibração quente. As mãos do xamã ou seu olfato permitem senti-las a partir de cinco centímetros acima do corpo do pacinete. O xamã não toca com a mão - sente com elas como se a "irradiação hostil" estivesse "comendo" o corpo do pacinte.

c) Vibrando a sua maracá ou tendo um assistente que toca o tambor e cantando sua canção de força o xamã entra em E.X.C. (Estado Alterado de Consciência, também conhecido como Estado Xamânico de Consciência E.X.C.) e procura aliados benéficos da mesma vibração da "irradiação hostil". Por exemplo: se ele percebe a "irradiação hostil" com a forma de serpente peçonhenta, ou um peixe com ferozes dentes à mostra, ele terá que entrar no corpo do cliente na hora da sucção como uma serpente sagrada de cura ou um tubarão de luz.

d) Em E.X.C. cada vez mais profundo o xamã localiza e cerca a energia hostil. Este é um momento extremamente perigoso pois, por frações de segundos, essas energias irão se fundir com a energia dos aliados análogos que a trarão para fora do corpo do cliente, através da sucção do xamã. Se o xamã não for um mestre da sucção, essas "irradiações hostis", que são muito vorazes, poderão deslizar pela sua garganta e se localizar no estômago. Só com a ajuda de uma xamã expert em sucção ele poderá se livrar da "irradiação hostil" que se alojou nele.

e) Com profundos movimentos de sucção e de vômitos espasmódicos que o xamã utiliza para expelir a "irradiação hostil" ele as joga dentro de uma bacia com água ou areia. Ele percorre os dois mundos, representados pelos dois estados: E.X.C. e E.C.C. inúmeras vezes. Enquanto sentir a presença de algum resquício da irradiação hostil, ele continuará o processo.

f) Terminando a sucção o xamã esvazia a água ou areia (em E.C.C.) onde a "irradiação" foi expelida e inicia imediatamente em E.X.C. uma viagem para trazer um animal de poder para o pacinete e selar a cura, tornando-o assim mais resistente a outros ataques dessa envergadura.

O mesmo procedimento, da necessidade imperiosa de mudança de atitude perante à vida, é indicado.




Carminha Levy

Pioneira no ensino simultâneo de Xamanismo e Psicologia, criou um programa de Facilitadores Xamânicos em Xamanismo Matricial que resgata a sabedoria da Grande Deusa Mãe Terra: a Madona Negra - o matriarcado associando-o ao patriarcado - o Xamanismo Matricial. Instrutora do Neoxamanismo no Brasil



ENQUETE

Você é feliz no trabalho?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.