DESTAQUES

Como abordar um líder ou colega autoritário no trabalho com intuito de mudá-lo?

Roberto Santos 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Líder autoritário tende a não assumir seus erros

por Roberto Santos

"Inclusive, como modificar uma cultura autoritária inserida nesse ambiente?"

Resposta: Existem dois níveis de resposta à sua questão -- individual e organizacional.

Abordar uma pessoa autoritária é uma coisa, pretender mudar uma cultura autoritária é algo bem diferente. Mesmo no nível individual, temos que avaliar e procurar entender como se apresenta o comportamento autoritário de um gestor. Existem situações e equipes que demandam algum nível maior de diretividade para se garantir que os objetivos da equipe sejam alcançados.

Estilo autoritário, mas pontual, pode ser válido

Um estilo situacionalmente autoritário pode ser válido quando uma equipe conta com membros inexperientes ou uma situação emergencial para um grupo que ainda não tem experiência trabalhando junto. Neste momento, o estilo autoritário pode ser bem aplicado e cabe aos membros da equipe gerida por esse líder apoiarem e atenderem seus direcionamentos. Diferenciamos esse estilo situacionalmente adequado do gestor autoritário por princípio e, pior ainda, por uma característica narcisista e arrogante que perdura em toda sua atuação como líder. Em situações emergenciais com grupos inexperientes, mas também em situações totalmente opostas, esse líder autoritário-arrogante adota uma postura ditatorial, que dá pouco espaço à participação de seus liderados, não assume seus erros, preferindo culpar os outros quando as coisas dão errado.

Como abordar um líder ou colega autoritário?

Temos duas escolhas: encontrar momentos de menor estresse para tentar apresentar suas ideias e posicionamentos de forma racional, estruturada e apoiadora, sempre iniciando com a valorização das grandes contribuições do chefe-mandão ou, buscar outro chefe ou outra empresa, se não conseguir espaço para se colocar e se desenvolver sob essa gestão.

Como disse no início, "mudar uma cultura autoritária" é algo bem mais complicado pois, para esse estilo ser o adotado como o preponderante na empresa, é por que um número significativo de "executivos-ditadores" ocupam várias posições no topo da estrutura organizacional e acabam atraindo "seus iguais", ou seja, reforçando esse traço autoritário e arrogante na empresa. Permanecer numa organização com esse tipo de cultura pode ser muito fácil para os semelhantes, mas difícil para quem prefira trabalhar num ambiente democrático.

Boa sorte!




Criteo Publicidade:

Roberto Santos

Profissional de Recursos Humanos, com mais de 40 anos de atuação no mercado, Roberto teve diversas posições como profissional e executivo de RH em multinacionais de grande porte. É sócio-diretor da Ateliê RH, consultoria com mais de 14 anos de atuação no mercado, e distribuidor Hogan no Brasil. Mais informações: www.atelie-rh.com.br



ENQUETE

A universidade Yiwu Industrial and Commercial College em Shangai (China), oferece curso de graduação – de 3 anos - para formar pessoas que querem se tornar celebridades nas redes sociais. O que você acha?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.