DESTAQUES

Jogos de computadores propiciam gasto energético

Ricardo Arida 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR

por Ricardo Arida

Muitas pessoas levam uma vida sedentária. Em particular, pesquisas com adolescentes mostram resultados preocupantes. Isso se deve a uma série de fatores como, por exemplo, o tempo gasto em frente a uma televisão ou computadores.

Acima dos valores de repouso gasto de energia varia de 22% a 108%

A nova geração de jogos de computadores estimula uma grande variedade de movimentos durante o jogo. *Um estudo recente mostrou que jogos de computadores usando o controlador manual enquanto se está sentado, aumentou o gasto de energia em 22% acima dos valores de repouso, enquanto que os jogos que requerem movimentos da parte superior do corpo aumentaram o gasto energético em 108%.

A nova geração de jogos de computadores poderia ser uma boa oportunidade para os adolescentes se tornarem mais ativos?

Neste sentido um estudo publicado na revista inglesa British Journal of Sport Medicine* avaliou o gasto energético de adolescentes em dois tipos de jogos de computadores: um ativo chamado de Nintendo Wii, e outro inativo, chamado de Microsoft XBOX 360. Os jogos ativos promoveram um maior gasto de energia comparado com jogos sedentários. Entretanto, em nenhum desses jogos, o gasto calórico foi maior que em atividades esportivas autênticas.

Apesar desses novos jogos de computadores provocarem ações mais dinâmicas do nosso corpo, eles estão longe dos benefícios que as atividades físicas ou esportivas oferecem para as crianças e adolescentes quanto à experiência motora e à integração social desses indivíduos.

O que já é conhecido desse tema

Jogos de computadores tem sido associados com a obesidade e inatividade de jovens.

O que este estudo acrescenta

Novas gerações de jogos de computadores aumentam significantemente o gasto energético comparado com jogos convencionais sem requisição de muita atividade motora.

* Br. J. Sports Med. 2008;42;592-594. Energy expenditure in adolescents playing new generation computer games. Lee Graves, Gareth Stratton, N D Ridgers and N T Cable.

COMUNICAR ERRO

Ricardo Arida

Possui graduação em Educação Física pela Universidade de São Paulo (1980), mestrado em Medicina (Neurologia) pela Universidade Federal de São Paulo (1995), doutorado em Medicina (Neurologia) pela Universidade Federal de São Paulo (1999) e pós-doutorado pela Universidade de Oxford-UK. Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal de São Paulo. Tem experiência nas áreas de Neurociências e Fisiologia do Exercício Mais informações: www.ricardoarida.wordpress.com

ENQUETE

Você acha que um romance iniciado no Carnaval tem chances de dar certo?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.