DESTAQUES

Pesquisa revela: eles gastam mais do que elas, inclusive supérfluos

Redação Vya Estelar 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Mulheres gastam para a família mais do que eles

por Eliana Bussinger

Mulheres levam fama de gastadoras sem merecer, é o que diz uma pesquisa recente sobre gastos com cartões de créditos realizada pelo Banco Itaú.

Veja algumas conclusões dos pesquisadores, ao analisar volumes, tipos de transações financeiras e áreas de compras - aquelas que são "itemizadas" nos nossos extratos do cartão de crédito.

Quando são considerados os volumes, as mulheres ainda gastam menos do que os homens (representam 44,7% do faturamento do setor), mesmo sendo campeãs de titularidade, isto é, possuem mais da metade dos cartões de crédito do país. São 40 milhões.

E se você logo pensou que elas gastam no cartão, mas são os maridos que pagam, repense: quase 60% das mulheres que possuem cartão de crédito são solteiras.

Como já escrevi anteriormente, é uma falta de visão dos bancos ainda não terem criado cartões de créditos exclusivos para elas, a exemplo do que fizeram com seguros de vida. É um mercado inacreditável, cuja potencialidade é sem dúvida crescente, e isso também foi apontado na pesquisa.

Veja o dado seguinte. Observe como são interessantes as diferenças entre os homens e as mulheres no quesito áreas de compras.

Diferenças entre o homem e a mulher na hora de gastar

- mulheres gastam menos do que eles
- gastam para a família mais do que eles
- gastam mais com saúde

Eles na média, "gastam mais em restaurantes, companhias aéreas, postos de gasolina, equipamentos esportivos, livrarias e vídeos", diz a pesquisa. Já as mulheres movimentam maiores volumes em "vestuário (lojas de roupas, de departamentos e calçados), diversos (compras por telefone, cosméticos e compras em geral) e saúde (drogarias, farmácias e óticas)".

Essa pesquisa é um tesouro na mão das empresas. Delimitadas as áreas de preferências de seus consumidores, por gênero, fica bem mais fácil para as empresas analisarem para onde devem direcionar seus esforços e recursos de marketing.

Inclusive, para o caso de aparecerem os primeiros cartões de crédito femininos, as promoções de fidelidade certamente estarão voltadas para a venda de vestuários, cosméticos e saúde e não para viagens áreas ou postos de gasolina.

Ainda segundo esses pesquisadores, observando ainda as áreas favoritas de compras, pode-se inferir que "elas utilizam menos o cartão em compras consideradas supérfluas", indicando uma concentração de " gastos em compras para o provimento da casa". Já os homens gastam mais "com coisas supérfluas" complementam os pesquisadores.

Argumentos que derrubam o mito de gastadoras:

- mulheres gastam menos do que eles
- gastam para a família mais do que eles
- gastam mais com saúde

Deve ser porque estão mais estressadas, porque eles é que estão gastando com lazer. Não sou eu que estou dizendo, é a pesquisa.

Fique de olho no seu marido ou namorado. Afinal, são eles que podem arruinar o orçamento familiar com "seus gastos supérfluos.




Redação Vya Estelar



ENQUETE

Para você, muitas vezes, ficar no estado de solidão pode significar sinônimo de alegria e liberdade?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.