DESTAQUES

Meia colher de sopa de canela por dia ajuda a combater o colesterol, indica estudo

Jocelem Salgado 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR

por Jocelem Salgado

Segundo o conhecimento popular, ervas e condimentos podem ser utilizados no tratamento de diversas doenças como gripe, infecções, verminose entre outras. A ciência a cada dia que passa, procura conhecer melhor as propriedades farmacológicas desses produtos, sendo um dos mais populares a canela.

Canela é o interior do tronco de árvores de várias espécies da família Laureacea. Existem duas variedades principais: a canela-da-índia e a canela-da-china. É uma das especiarias conhecida desde a antiguidade e foi tão valorizada que era considerada um item imprescindivel quando a intenção era presentear os monarcas. No Egito antigo encontram-se citações mencionando o seu uso para embalsamar corpos, em cremações e como afrodisíaco. É mencionado em alguns textos bíblicos por Heródoto e outros escritores clássicos da época.

No início do século XVI, era trazida por comerciantes portugueses diretamente do Ceilão (atual Sri Lanka, no sul da Ásia), chegando um quilo do produto valer dez gramas de ouro. Foi introduzida no Brasil no século XVII onde se aclimatou muito bem no Nordeste. Atualmente, os maiores produtores são os paises do Sri Lanka, China, Indonésia e Vietnã.

Essa especiaria é frequentemente empregada no preparo de bolos e outros alimentos assados, pudins de leite, de arroz, receitas com chocolate, sobremesas de frutas, principalmente as de maçãs e peras. Ela é comum em muitos pratos do Oriente Médio e norte-Africano e também é empregada na preparação de certos tipos de chocolate e licores. Na medicina é conhecida por 'curar' resfriados, mas no entanto, pesquisas indicam que a canela pode contribuir para o tratamento de diversas doenças. Pesquisas têm demonstrado que o consumo de uma colher de chá de canela todos os dias pode reduzir os níveis de açúcar, colesterol, triglicérides e LDL no sangue de pacientes com diabetes tipo II.

Canela ajuda a combater colesterol, indica estudo

Recentemente, um estudo realizado pelo Kansas State University, nos Estados Unidos, constatou que consumir meia colher de sopa por dia da especiaria tem papel importante no combate ao colesterol.

Foram avaliados 700 voluntários com idades entre 20 e 55 anos que apresentavam altos índices de colesterol ruim (LDL). Eles foram divididos em dois grupos: 350 pacientes ingeriram uma dose diária de ½ colher de sopa de canela, enquanto os outros 350 não receberam doses da especiaria. Após seis meses de estudos, observou-se que 70% dos pacientes que incluíram a canela em sua dieta apresentaram uma redução de 10% nos níveis do colesterol ruim, 30% na taxa de triglicérides (gorduras do sangue) e de 1% a 26% do colesterol total. Já os que não receberam a dose, não apresentaram melhora.

Os pesquisadores acreditam que tal redução é resultado da ação dos antioxidantes, que ajudariam a eliminar parte da gordura ruim que ingerimos com maior rapidez.

Novos estudos devem ser realizados durante este ano para novas descobertas em relação à ação da canela na redução do colesterol, mas os pesquisadores acreditam que esta já foi uma grande conquista.

Trabalhos recentes têm mostrado que o uso da canela pode aumentar a ação do hormônio insulina. Entretanto, o uso de canela para melhorar a ação da insulina em pessoas com diabetes ainda tem que ser comprovada em ensaios clínicos, ou seja, com humanos. Não se sabe ao certo se o consumo de canela é efetiva no combate à hipertensão arterial. Há três estudos em andamento monitorando a questão do seu efeito no controle da pressão sanguínea.

Canela: outros benefícios

A canela também tem sido indicada para o tratamento de náuseas, flatulência, dispepsia com náuseas e cólicas. Por ter ação adstringente ela também é particularmente útil na diarreia infantil e de adulto. Na Alemanha o órgão regularizador aprova o emprego da canela para o tratamento de perda de apetite e indigestão.

O óleo essencial de canela indígena (Cinnamomum osmophloeum) é um potente antibacteriano, antifúngico, anti-inflamatório e pode auxiliar no tratamento de hiperuricemia (níveis anormalmente elevados de ácido úrico no sangue) e condições médicas relacionadas, incluindo a gota.

Para manter o aroma, sabor e as propriedades medicinais da canela recomenda-se comprar essa especiaria em pequenas quantidades e armazenar em local sem iluminação, e em recipientes hermeticamente fechados.

COMUNICAR ERRO
loading...

Jocelem Salgado

Profa. Titular de Vida Saudável da ESALQ/USP/Campus Piracicaba. Autora dos livros: "Previna Doenças. Faça do Alimento o seu Medicamento" e "Pharmácia de Alimentos. Recomendações para Prevenir e Controlar Doenças", editora Madras

ENQUETE

9 verdades e 1 mentira sobre si mesmo no Facebook. O que você acha?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.