DESTAQUES

Entenda por que o aipo é um superalimento funcional

Jocelem Salgado 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR
Aipo: excelente aposta natural para prevenir e reduzir riscos de doenças

por Jocelem Salgado

Aipo: alimento funcional rico em vitamina C

O aipo, também conhecido por salsão, é um legume “bienal” bastante aromático e de coloração verde pertencente à família das umbelíferas, cujos membros incluem cenouras, funcho, salsa e endro.

Embora a maioria das pessoas associe imediatamente o aipo com o seu caule, as folhas, raízes e sementes também são utilizadas como alimentos, temperos e até como remédios naturais.

Mas de onde veio essa riqueza?

O aipo tem uma história longa e prestigiosa de uso, primeiro como remédio e depois como um alimento. A referência inicial das propriedades medicinais das folhas de aipo remonta ao século IX a.C., quando o aipo fez uma aparição na Odisseia, a célebre epopeia do poeta grego Homero.

Esse legume delicioso e crocante tornou-se realmente popular no século 18 na Europa e foi introduzido nos Estados Unidos no início do século 19.

O aipo cresce até uma altura de 40 cm e é composto por caules de folhas, dispostos numa forma cônica e sob uma base comum. Os pés têm uma textura crocante e delicada, mas um sabor ligeiramente salgado. Os caules do centro são os mais apetecíveis e são também os mais tenros. No Brasil, o aipo apresenta normalmente a cor verde, mas na Europa podemos também encontrar uma variedade de cor branca. Tal como os aspargos brancos, esse tipo de aipo é cultivado à sombra e sem contato com a luz solar, de modo a inibir a produção de clorofila.

Na culinária brasileira é geralmente utilizado no preparo de sopas, saladas e como condimento. Apresenta baixa quantidade de calorias (cerca de 19 kcal por 100 gramas) associada a um elevado valor nutricional e funcional.

Aspecto funcional

Quanto ao aspecto funcional deve-se destacar que o aipo é rico em Vitamina C, a qual é importante para proteger o sistema imunológico e reduzir sintomas de resfriado. A vitamina C por prevenir os danos causados pelos radicais livres pode estar associada à redução da gravidade de condições inflamatórias, como a asma, osteoartrite e artrite reumatoide. Como os radicais livres oxidam o LDL (colesterol) isso pode levar à ruptura de placas causando ataques cardíacos ou acidentes vasculares cerebrais.

A vitamina C também tem efeito benéfico na promoção da saúde cardiovascular. É também fonte de vitamina A, um antioxidante flavonoide natural. A Vitamina A é também necessária para a manutenção saudável das membranas mucosas e da pele e essencial para a visão. A partir do exposto acima, não surpreende que o consumo de vegetais e frutas de elevado grau desse nutriente está associado a uma redução do risco de morte por várias causas, incluindo doenças cardíacas, derrames e câncer.

O vegetal em questão se destaca também por ser uma excelente fonte de minerais como potássio, sódio, cálcio, manganês e magnésio. O potássio, por sua vez, é um importante componente das células e fluidos do corpo que ajuda a controlar a taxa cardíaca e a pressão arterial.

Não obstante, pesquisas mostraram que soluções aquosas de aipo (como sumo de aipo), ministradas a animais durante oito semanas reduziram significativamente os seus níveis de colesterol totais e a secreção de ácidos biliares.

As suas sementes, caule e raiz têm propriedades diuréticas (remove o excesso de água do corpo através da urina) e propriedades estimulantes e tônicas.

As sementes de ancestrais selvagens do aipo, que se originou em torno do Mediterrâneo, foram amplamente utilizadas como um diurético. O aipo, que é rico em potássio e sódio, os mais importantes para a regulação do equilíbrio hídrico, estimulam a produção de urina, contribuindo assim para livrar o corpo do excesso de fluido.

Para prevenir danos às células provocados por excesso de radicais livres o aipo tem as chamadas cumarinas, as quais diminuem as mutações (alterações no DNA da célula) que potencializam o surgimento de se tornarem células cancerosas. As cumarinas também aumentam a atividade de determinadas células brancas do sangue e aumentam as defesas imunológicas eliminando as células - alvo potencialmente prejudiciais (incluindo as células cancerígenas). Outros antioxidantes comumente encontrados nas folhas do aipo são os flavonoides zeaxantina, luteína e betacaroteno.

Além de aumentar a produção de saliva e sucos gástricos, o aipo abre o apetite e facilita a digestão enquanto aumenta os movimentos naturais do intestino prevenindo gases e cólicas, neutralizando o excesso de bactérias responsáveis pelas fermentações e putrefações intestinais. Dessa forma atua como um laxante suave graças à sua fibra.

E se isso não bastasse o aipo também:

- Reforça o sistema autoimune devido ao seu conteúdo em substâncias antioxidantes.

- Melhora a acne ao favorecer a depuração do sangue e ter propriedades antibacterianas.

- Ajuda a desinfetar ferida e queimaduras facilitando a sua cicatrização quando usado de forma tópica.

- Devido às suas propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias pode-se empregá-lo para fazer bochechos em caso de infecção ou inflamações.

Também tem propriedades benéficas para a pele, para os pelos e os ossos devido às furanocumarinas e psoralenos compostos presentes em sua composição, os quais agem como protetores da pele e estimulantes da repigmentação.

Pesquisas atualmente têm feito uso do aipo em casos de psoríase e vitiligo assim como em outros problemas da pele (acne).

O aipo por seus constituintes químicos favorece a expectoração em caso de catarro, gripe, bronquite, etc.

Ajuda a perder peso, pois favorece a expulsão dos líquidos retidos e das substâncias de resíduos acumuladas em função da ação do silício.

Devido à sua riqueza em minerais tem sido recomendado para problemas de fadiga crônica. Usado como cataplasma reduz o inchaço dos olhos.

Portanto, podemos afirmar que o aipo é uma excelente aposta natural para prevenir e reduzir riscos de doenças devendo assim, fazer parte da mesa de todos nós.




Jocelem Salgado

Profa. Titular de Vida Saudável da ESALQ/USP/Campus Piracicaba. Autora dos livros: "Previna Doenças. Faça do Alimento o seu Medicamento" e "Pharmácia de Alimentos. Recomendações para Prevenir e Controlar Doenças", editora Madras



ENQUETE

Você é feliz no trabalho?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.