DESTAQUES

Por que homens cuidam menos da saúde que as mulheres

Jocelem Salgado 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR
Mulheres valorizam homens que gostam de se cuidar

por Jocelem Salgado

Os homens têm mais dificuldade que as mulheres para se cuidar e envelhecer. Essa é uma informação conhecida de muitos profissionais da saúde, desde que dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios do IBGE e da pesquisa Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento, financiada pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) foram revelados no ano passado. Comparados com o sexo oposto, as duas pesquisas mostraram que os homens não se alimentam corretamente, não fazem exercícios físicos regulares, fumam mais, vão menos ao médico e, por consequência, têm mais problemas de saúde e vivem menos.

Enquanto as mulheres preocupam-se com a aparência, peso e com o envelhecimento bem-sucedido, as pesquisas revelam que a maioria dos homens se considera imune às doenças, priorizando os prazeres da vida em detrimento à saúde.

Barreiras culturais talvez sejam os principais motivos para essa diferença de comportamento. É comum observar em muitos lares brasileiros uma cultura tipicamente masculina onde os meninos são ensinados a acreditar que homem não chora, é forte, não adoece e não precisa cuidar da aparência, porque isso é coisa de mulher. É a chamada síndrome do super-homem, onde a procura por ajuda para melhorar a forma física e a saúde é interpretada como sinal de fraqueza ou fragilidade.

Busca por qualidade de vida

Uma boa notícia é que nos últimos anos, uma crescente parcela da população masculina tem conseguido romper as barreiras culturais, mudando conceitos e reavaliando tudo o que se refere à qualidade de vida, saúde e bem-estar físico e mental. São homens na faixa dos 30-40 anos, de classe média ou alta, que descobriram que cultivar uma boa aparência é demonstração de cuidados com a saúde e com a qualidade de vida.

Nada está sendo mais valorizado hoje em dia, principalmente pelas mulheres, do que os homens que gostam de se cuidar – não comem qualquer besteira e nem se entopem de cerveja todos os dias, cuidam da aparência da pele e dos cabelos, previnem os sinais da idade e, além de tudo, cuidam da saúde praticando esportes e fazendo exames preventivos.

Essa nova postura nada tem a ver com os modismos da metrossexualidade ou com orientação sexual. O controle do peso, do colesterol, o equilíbrio nutricional, a reposição hormonal e outros cuidados já começam a fazer parte do cotidiano masculino de forma consciente e sem preconceitos.

Principais dicas de saúde e beleza para homens

Em um ambiente cada vez mais competitivo, a aparência passou a contar, e muito, para o sucesso profissional do homem. Além disso, a independência feminina trouxe, entre outras conquistas, a exigência de parceiros apresentáveis. O quesito conta bancária tem perdido espaço para itens como inteligência, bom humor e, evidentemente, boa aparência. Para manter a forma, a saúde e a beleza da pele e dos cabelos as principais dicas são:

- Mantenha um peso adequado para sua altura: fracione suas refeições (4-5 refeições diárias) e coma alimentos variados, enfatizando os grãos integrais, as frutas e hortaliças. Evite gorduras e açúcar em excesso, consuma carnes magras e aves sem pele, dando preferência para peixes como salmão, atum, sardinha, cavala, ricos em gorduras importantes para a saúde (ricos em ácidos graxos ômega-3);

- Se tiver dificuldade para emagrecer, conte com a ajuda de alimentos substitutos de refeição e alimentos ricos em fibras, que promovem saciedade e perda de peso eficaz. Os chás verde e branco também ajudam no emagrecimento, à medida que aumentam a termogênese, ou seja, a taxa pela qual as calorias são queimadas;

- Consuma bebidas alcoólicas com moderação: elas fornecem calorias, mas não nutrientes, por isso engordam e causam outros problemas para a saúde. Uma lata de cerveja, por exemplo, possui 147 kcal; isso significa que em uma reunião com amigos, o consumo de 3-4 latinhas pode representar quase 500kcal a mais no seu dia. Somado ao consumo de aperitivos altamente calóricos como amendoins, salames, queijos amarelos, etc., o valor calórico pode ultrapassar 1000kcal. É sempre bom lembrar que o consumo de dois cálices de vinho tinto ao dia, mas não mais do que isso, pode ser benéfico para o coração;

- Depois dos 40 anos, o organismo do homem, assim como o da mulher, sofre um declínio crescente da produção e renovação de colágeno. Para ajudar na reposição dessa proteína importante para a firmeza da pele e beleza dos cabelos, consuma diariamente 10g de colágeno hidrolisado;

- Se você já passou dos 50 anos, pode precisar de uma suplementação de minerais e vitaminas. Verifique com seu médico a necessidade do consumo de minerais como cálcio, zinco, selênio e vitaminas A, C, E, B12, ácido fólico entre outras;

- Mexa-se, gaste calorias por meio de atividade física regular. Faça pelo menos 30 minutos de uma atividade física aeróbica todos os dias tais como correr, pedalar, nadar, etc.;

- Cuidado com o cigarro, um dos maiores vilões da sua saúde. Busque ajuda para eliminar esse risco de sua vida;

- Use filtro solar todos os dias com fator de proteção entre 15 e 30, pelo menos no rosto, pescoço e mãos; à noite, não tenha vergonha de limpar sua pele e usar um bom creme hidratante ou antirrugas.




Jocelem Salgado

Profa. Titular de Vida Saudável da ESALQ/USP/Campus Piracicaba. Autora dos livros: "Previna Doenças. Faça do Alimento o seu Medicamento" e "Pharmácia de Alimentos. Recomendações para Prevenir e Controlar Doenças", editora Madras



ENQUETE

Para você, muitas vezes, ficar no estado de solidão pode significar sinônimo de alegria e liberdade?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.