DESTAQUES

Será que você se rende à mediocridade?

Thaís Petroff 10/10/2017 PSICOLOGIA
Será que você se rende à mediocridade?
Fonte: Google Imagens
E como quebrar esse círculo vicioso?

por Thaís Petroff

Quantas vezes você já sonhou em fazer algo mas... travou quase no mesmo momento pelo medo? Medo de dar errado, mas também pelo medo de dar certo e não saber como lidar com isso.

De modo geral todos nós crescemos condicionados a fazer as coisas por medo. Ouvimos ameaças de nossos pais e cuidadores dizendo que se não fizéssemos determinada coisa algo ruim aconteceria (perderíamos um brinquedo, um passeio, nos machucaríamos etc).

Dificilmente fomos estimulados a sonhar e buscar nossos sonhos, em arriscar e ver até onde poderíamos ir ou até onde eles nos levariam. O mais comum é, com a desculpa de ser realista, que as pessoas "coloquem nossos pés no chão". O resultado disso tudo é uma pobre capacidade em se permitir pensar além do "quadrado". Na prática, é temer quaisquer possibilidades, mesmo que muito positivas, de se mudar o status quo. E o que acaba ocorrendo é uma insatisfação com a vida, que se resume em reclamar da mesma por não se ter coragem de arriscar fazer diferente.

Você se identifica com isso?

Percebe os comentários das pessoas ao seu redor quando você tem alguma ideia diferente?

Elas geralmente te apoiam e te incentivam ou te castram e desanimam?

Se acontece com mais frequência a segunda opção, saiba que elas também vivem nesse mesmo sistema de serem condicionadas pelo medo. Agem com você da mesma maneira que agem com elas mesmas.

E como quebrar esse círculo vicioso?

Você já parou para pensar na etimologia (origem) da palavra CORAGEM?

Coragem quer dizer agir com o coração, ou seja, tomar decisões de acordo com a sua verdade interna, mesmo que o medo esteja alí.

Atuar com coragem não exclui o medo, pelo contrário, a coragem deve existir justamente para que não permitamos que o medo nos castre, que apague nossos sonhos.

Olhe para dentro e permita-se conectar com seus desejos mais verdadeiros. Faça um levantamento de opções de como viabilizá-los. Não estou dizendo que seja fácil, mas sim, que é possível. Mas, o único caminho para isso, é não se render à mediocridade de não se permitir acreditar em nada por medo. Se você quer, você pode e consegue!




TAGS :

    tcc, como, adquirir, coragem, medíocre

Thaís Petroff

Formada em Psicologia pela PUC-SP e é Master Coach. Utiliza a Terapia Cognitivo Comportamental como base do seu trabalho, mas sabendo da profundidade e complexidade do ser humano, fez formação em Bioenergética, Programação Neurolinguística e Yoga se focando em auxiliar as pessoas a desenvolver e manter emoções mais equilibradas e saudáveis. Foca-se em desvendar e compreender a desafiadora prática das relações, promover transformações cognitivas, emocionais e comportamentais nas pessoas que a procuram e disseminar conhecimento através das mídias sociais.



ENQUETE

Para você, muitas vezes, ficar no estado de solidão pode significar sinônimo de alegria e liberdade?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.