DESTAQUES

Minha mãe é dependente química. O que faço?

Blenda de Oliveira 12/07/2017 PSICOLOGIA
Minha mãe é dependente química. O que faço?
Fonte: Google Imagens
Dependência química deve ser tratada no âmbito individual do dependente

por Blenda de Oliveira

“Brigamos constantemente, uma agride a outra fisicamente. Preciso de ajuda.”

Resposta: Nesses casos a busca de ajuda profissional (psiquiatra e psicólogo) é urgente.

Não tente resolver sozinha. A dependência química é algo muito sério e atinge aspectos, inclusive, neurológicos. Ajuda médica e psicológica são fundamentais.

Ao lado da ajuda direta à sua mãe, seria importante que você também tivesse um apoio psicológico.

Todos os estudos apontam que a dependência química deve ser tratada no âmbito individual do dependente, no âmbito familiar e na busca de uma nova inserção social. É um tratamento que requer paciência e continuidade, mas, ainda, é a melhor saída. Os profissionais, conhecendo de perto o caso da sua mãe e a dinâmica familiar, poderão orientá-la melhor e com mais precisão. Busque ajuda. Boa sorte!

Atenção!
Este texto não substitui uma consulta ou acompanhamento de um médico psiquiatra ou psicólogo e não se caracteriza como sendo um atendimento.

 

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga e psicanalista Blenda de Oliveira responderá dúvidas e perguntas sobre conflitos familiares e entre pais e filhos. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



TAGS :

    mãe, dependente, química, agredimos, fisicamente

Blenda de Oliveira

Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Psicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP). Psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais. Atuante como Life Coaching em diversas áreas, utilizando essa metodologia para colaborar nos processos de sucessão familiar nas empresas.



ENQUETE

Um amor verdadeiro pode ser breve?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.